Menu
Busca sábado, 24 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Polícia

Produtor é autuado em mais de R$ 246 mil por incêndio que atingiu seis fazendas

O produtor ainda relatou que, um dia após o ocorrido, houve uma explosão e o fogo teria se alastrado para fazendas vizinhas

22 julho 2021 - 13h51Brenda Assis

No dia 15 de julho, policiais militares ambientais de Corumbá efetuavam atividades da “Operação Prolepse” nas propriedades rurais de Corumbá e, enquanto visitavam fazendas, encontraram um incêndio de grande proporção em uma propriedade localizada na rodovia MS-325. O proprietário, de 51 anos, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 246.600,00

De acordo com informações policiais, o local fica a aproximadamente 150 quilômetros da cidade e é conhecido como estrada Carandazal. A equipe verificou que o fogo teria começado no dia anterior, na quarta-feira (14).

Quando o incêndio cessou, foi feita uma vistoria detalhada no local, buscando identificar a origem do fogo e a equipe constatou que o incêndio havia atingido seis fazendas. Após análises, os policias chegaram até uma fazenda onde teria começado o fogo. 

À equipe, o capataz da propriedade relatou que teria acontecido um incidente durante a limpeza da vegetação e que, posteriormente, o responsável pelo imóvel entraria em contato com a PMA.

Na quarta-feira (21), o fazendeiro entrou em contato com a PMA, quando a equipe já havia concluído o relatório, e declarou que o operador de máquinas teria derrubado uma árvore sobre o fio de sustentação do poste de energia acidentalmente, ocasionando a queda do poste. 

Segundo o proprietário, a empresa concessionária de energia teria sido acionada imediatamente, mas não enviou manutenção ao local. O produtor ainda relatou que, um dia após o ocorrido, houve uma explosão e o fogo teria se alastrado para fazendas vizinhas.

Os Policiais mediram durante a vistoria com uso de GPS a área queimada de vegetação nativa pantaneira incendiada, que perfez 821,57 hectares. O proprietário, de 51 anos, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 246.600,00. Todos os responsáveis poderão responder crime ambiental. Se ficar constatado que o incêndio foi doloso, a pena é de dois a quatro anos de reclusão. Caso seja culposo, como relatou o autuado, a pena é de seis meses a um ano de detenção.

 

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Pais são presos suspeitos de torturar, abusar e matar filho de 1 ano
Polícia
Jovem vai guardar carro e acaba feito de refém por três paraguaios
Polícia
Vídeo: mulher mostra como ficou carro e loja após invasão de vizinhos no Mário Covas
Polícia
Funcionária esquece cartão em sacola de roupas e cliente gasta R$ 856
Polícia
Mulher denuncia marido após ser agredida com socos e mordida
Polícia
Atirador em gol rebaixado faz uma vítima no Moreninhas III
Polícia
Mãe e filha são ameaçadas e têm carro riscado ao pedir para vizinha abaixar o som
Polícia
Capataz de fazenda tenta suicídio na BR-163
Polícia
Vídeo: Com arma falsa, assaltante é preso após Polícia o reconhecer pelo casaco
Polícia
Polícia apreende mais de duas toneladas de maconha em caminhão

Mais Lidas

Polícia
Corpo encontrado em Maracaju é de homem desaparecido em Campo Grande
Polícia
Mulher vai visitar o namorado e morre atacada por seis pitbulls
Polícia
Ladrão causa curto-circuito ao furtar fios de um poste de energia no centro de Campo Grande
Polícia
Vídeo: Entregador filma dados do cartão de cliente para cometer fraudes