Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Polícia

Sargento da Marinha é preso por tentativa de homicídio motivada por ciúme

Homem não se conformou ao ver a ex com outra pessoa em lanchonete de Corumbá

20 fevereiro 2022 - 14h46Sarah Chaves, com informações do Diário Corumbaense
Sebrae Materia

Um militar da Marinha do Brasil, de 48 anos, não se conformou ao ver a ex-namorada com outro homem, partiu pra cima dela, da mãe dela e ainda atirou contra o namorado da vítima na noite de sábado (19), na região central de Corumbá.

Uma equipe da Polícia Militar de Trânsito foi chamada e viu o militar caminhando pela via, portando a arma de fogo.

O homem, que estava muito exaltado e com sinais de embriaguez, se identificou como 2º sargento da Marinha, mas negou as acusações, alegando não se lembrar do que tinha acontecido.

Neste momento, a mulher de 28 anos e a mãe dizendo aos policiais que elas estavam na lanchonete. Quando o autor chegou com uma mulher e sentou-se a mesa. Ainda segundo relatos da vítima, ela, o namorado e a mãe, com medo do militar, decidiram ir embora do local. Foi então, que o acusado tentou abordá-la, sendo contido pela mãe dela. 

Por conta disso, o militar ficou exaltado, sacou da cintura a arma de fogo e fez um disparo para cima, dizendo que iria matar o homem. Neste momento, as duas mulheres na companhia do ameaçado, saíram do estabelecimento, buscando se esconder.

Conforme relatos da mulher, o militar foi atrás do seu namorado e atirou duas vezes em sua direção, mas a vítima não foi atingida. Ali, a equipe de Trânsito da Polícia Militar deteve o autor e encontrou cápsulas deflagradas. 

O militar foi preso e junto com as vítimas foi levado para a Delegacia de Polícia Civil com apoio da equipe da Força Tática da PM.

O delegado plantonista, Luca Venditto Basso, informou ao Diário Corumbaense, depois de ouvir depoimento dos envolvidos, que o militar da Marinha é ex-namorado da mulher que estava acompanhada e tudo o que ocorreu teria sido por ciúmes.

O delegado falou que o militar vai ficar detido até passar por audiência de custódia. Ele foi autuado pelos crimes de "homicídio qualificado na forma tentada e lesão corporal qualificada pela violência doméstica". Ou seja, violência doméstica contra as mulheres e o homicídio tentado contra o homem. 

Marinha

A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Comando do 6º Distrito Naval e foi informada que "a Marinha do Brasil tomou conhecimento de ocorrência envolvendo um de seus militares, em Corumbá-MS, e informa que está colaborando com os órgãos responsáveis para a elucidação do fato"

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Passageiros de ônibus são presos com mais de 20 kg de cocaína
Polícia
Rapaz é preso após quase atropelar policial durante abordagem em MS
Polícia
Idoso é preso após tentar matar o 'amigo' durante discussão em Ponta Porã
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Pai de Sophia relatou maus-tratos um ano antes da morte, mas desistiu da denúncia
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia
Polícia
Homem recebe facada na cabeça e quase é atropelado após briga no Noroeste
Polícia
Ladrões são presos após roubar carro e causar acidente na Gunter Hans
Cidade
Homem foge de hospital enquanto recebia atendimento na Capital

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado