Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

STF nega HC para Rodrigo Neves

O prefeito de Niterói é acusado de integrar um esquema envolvendo empresários do setor de transporte na cidade

30 dezembro 2018 - 19h25Da Redação

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), teve o pedido liminar de habeas corpus negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na última sexta-feira (28). A decisão foi do ministro Dias Toffoli, que encaminhou o HC para apreciação do relator, ministro Roberto Barroso.

Rodrigo Neves foi preso no último dia 10 de dezembro, pela força-tarefa do Ministério Público do RJ (MP-RJ) e da Polícia Civil. Ele é suspeito de ter desviado mais de R$ 10 milhões da verba de transporte do município entre 2014 e 2018. A prisão faz parte dos desdobramentos da Lava Jato no Rio e foi realizada pelo MP-RJ.

Além do prefeito de Niterói, o ex-secretário municipal de Obras do município Domício Mascarenhas de Andrade e mais três empresários do ramo de transporte público rodoviário são acusados de integrar a organização criminosa para a prática dos crimes de corrupção ativa e passiva. O esquema foi articulado para o recebimento de propina paga por empresários do setor a agentes públicos da cidade.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem que enviava nudes a menores de idade é preso na fronteira
Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido
Polícia
Inquérito de morte em cinema é encerrado
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo
Polícia
Mulher confessa que agrediu idoso com paulada na cabeça
Polícia
Motorista atropela e mata trabalhador rural durante manifestação
Polícia
Estoque de droga pronta para revenda é apreendido em presídio
Polícia
Pecuarista é morto a tiros na fronteira e pistoleiros são presos logo após o crime
Polícia
Homem é encontrado morto esta manhã com suspeita de hipotermia

Mais Lidas

Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos