Menu
Busca quarta, 03 de março de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
Polícia

Vídeo: veja como foi o primeiro dia do novo toque de recolher

Foram fiscalizadas as sete regiões da capital

27 novembro 2020 - 09h26Marcos Tenório

A primeira madrugada após o anúncio de um novo toque de recolher, que vai das 0h até as 5h da manhã, foi bem tranquila para a Guarda Civil Metropolitana (GCM). Foram fiscalizadas as sete regiões da capital, sendo elas:  Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, lagoa, Prosa e Segredo.

A GCM informou que foram 68 guardas trabalhando, 11 viaturas, 4 motocicleta, onde 71 estabelecimentos comerciais foram orientados pelas equipes, 58 orientações foram em residências e 324 pessoas abordadas e orientadas a retornarem e permanecerem em suas residências.

Durante o periodo de toque de recolher, 86 eventos fiscalizados, a GCM recebeu apenas 6 denúncias e realizou 7 informações sobre a quarentena.

 

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Construtor é preso quando se masturbava dentro de carro no centro da capital
Polícia
Filho tenta defender a mãe das agressões do pai e acaba esfaqueado
Polícia
Mulheres são presas tentando atravessar Jeep alugado para a Bolívia
Polícia
Chefe da boca de fumo é preso pela polícia em cidade de MS
Polícia
Mãe é presa por desacato ao tentar defender filho apreendido após agredir rapaz
Polícia
Pelé toma 1ª dose de vacina contra Covid-19: "Dia inesquecível"
Polícia
Vídeo: comerciante quer saber quem furtou sua loja, nas Moreninhas
Polícia
Vizinhos denunciam boca de fumo, e família é levada para delegacia
Polícia
Vídeo: Motorista bêbada invade a contramão e atropela policiais em motos
Polícia
Polícia fecha "boca de fumo" que funcionava em mercearia

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio