Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021
(67) 99647-9098
FIEMS - julho21
Política

Após Datafolha, Bolsonaro chama Lula de 'ladrão de nove dedos'

Fala foi ocorreu durante discurso em Alagoas nesta quinta-feira

13 maio 2021 - 14h32Matheus Rondon, com informações CNN

Durante discurso em cerimônia de entrega de casas populares em Alagoas nesta quinta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se referiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como "ladrão de nove dedos".

A fala acontece um dia após a pesquisa Datafolha apontar que Lula vence Bolsonaro em um eventual segundo turno das eleições presidenciais em 2022. 

Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Bolsonaro afirmou que "a Caixa com o ladrão de nove dedos dava prejuízo. Agora, em nosso governo, traz mais do que lucros, traz benefícios ao povo brasileiro". 

Segundo a pesquisa do Datafolha, Lula aparece com 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro. Em um eventual segundo turno entre o petista e o atual presidente, Lula abre vantagem, com uma margem de 55% a 32%.

 

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bolsonaro pede parecer para desobrigar uso de máscara por vacinados
Política
Mourão diz que Bolsonaro autorizou nova operação militar na Amazônia
Política
Grampo em Arroyo facilitou "explosão" no Tribunal de Contas
Política
CPI da Covid aprova quebra dos sigilos de Pazuello e Ernesto Araújo
Política
Simone é escolhida como coordenadora da Bancada de MS
Política
Para Riedel, gás natural vai ampliar competitividade
Política
Verruck reforça meta de tornar MS 'Estado Carbono Neutro' até 2030
Política
Azambuja autoriza pavimentação de duas rodovias estaduais
Política
Pesquisa mostra rejeição a Bolsonaro crescendo
Política
STF suspende despejos

Mais Lidas

Saúde
Adolescentes com 12 anos podem ser vacinados com Pfizer
Polícia
Homem sem identificação é encontrado morto em construção no Jardim Samambaia
Política
Grampo em Arroyo facilitou "explosão" no Tribunal de Contas
Geral
Ponte desaba na fronteira, mata duas pessoas e deixa uma desaparecida