Menu
Busca segunda, 18 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Candidatos não podem ser presos ou detidos a partir deste sábado

Eleitores de MS vão eleger governador e presidente na votação do segundo turno

13 outubro 2018 - 12h37Da Redação com Assessoria

A partir deste sábado (13), a prisão de candidatos  que concorrem o segundo turno está proibida de acordo com a Justiça Eleitoral. Segundo o calendário eleitoral, nenhum candidato poderá ser preso ou detido. A exceção é em situação de flagrante.

A imunidade é para assegurar ao candidato o direito ao pleno exercício da democracia, impedindo que ele seja afastado da disputa eleitoral por prisão ou detenção que possa ser posteriormente revista.

No caso do eleitor, a proibição de prisão começa a valer em 23 de outubro. As exceções são flagrante, sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto. O segundo turno das eleições para governador de Mato Grosso do Sul e presidente acontece em 28 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Governo federal destina R$ 62 milhões para o turismo em Brumadinho
Política
“O Congresso é o ponto de equilíbrio do país“, diz Simone Tebet
Política
Projeto de lei Anticrime será apresentado na terça-feira
Política
Alcolumbre diz que Bolsonaro volta ao Planalto na próxima segunda
Política
Coronel David defende ações de policiais em confrontos
Brasil
Mandetta pede a ampliação da cobertura vacinal do sarampo
Brasil
Nelsinho Trad propõe audiência pública para discutir telemedicina
Brasil
Bolsonaro define idade mínima para aposentadoria
Brasil
Soraya assume CRA e destaca boa relação com Tereza Cristina
Brasil
No Senado, 12 comissões escolheram seus presidentes

Mais Lidas

Polícia
Desaparecimento de jovem ainda é um mistério para a polícia
Saúde
Câncer de ovário tem sintomas discretos e pode evoluir rapidamente
Geral
PM e PF apreendem contrabando de celulares avaliado em R$ 3 milhões
Geral
Boechat morreu de politraumatismo, aponta laudo do IML