Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Política

Condenado por fraude, Berlusconi poderá ter de cumprir pena trabalhando em asilo

10 abril 2014 - 11h27Via Uol
Uma audiência judicial nesta semana decidirá se o ex-premiê italiano e político cassado, Silvio Berlusconi, cumprirá a pena de um ano de prisão à qual foi condenado por fraude fiscal em prisão domiciliar ou prestando serviços comunitários em um asilo. A informação foi divulgada por fontes oficiais na terça-feira (08), mesmo dia em que Berlusconi foi impedido pela Justiça europeia de concorrer às eleições do Parlamento Europeu, marcadas para o mês de maio.

Aos 78 anos, o líder do partido de centro-direita Forza Italia foi considerado culpado por sonegação de impostos em seu conglomerado de comunicação, o Mediaset. A pena de quatro anos de reclusão foi reduzida para apenas um. Pela idade avançada de Berlusconi — que também é dono de emissoras de TV e presidente do clube de futebol Milan — e pela natureza não-violenta de seu crime, a possibilidade real de encarceramento sempre foi baixa.

Caso o pedido judicial seja aceito na íntegra, o ex-premiê terá que trabalhar apenas um dia por semana no asilo, localizado na cidade de Arcore, ao norte de Milão, segundo noticiou o jornal italiano Avvenire. Se apresentar comportamento exemplar no cumprimento da pena, sua sentença poderá ser reduzida para nove meses.

No fim de novembro de 2013, o Senado italiano aprovou a cassação do ex-primeiro-ministro do Parlamento italiano em razão de uma condenação por fraude fiscal. Na ocasião, o plenário alto rejeitou nove propostas apresentadas por senadores fiéis ao líder da direita para não aplicar contra ele a chamada "Lei Severino", que estabelece a expulsão do Parlamento dos condenados a penas superiores a dois anos de prisão. Berlusconi nega todas as acusações.

A Corte Europeia de Direitos Humanos rejeitou um recurso que poderia permitir a candidatura do ex-premiê às eleições para o Parlamento Europeu. O objetivo do pedido apresentado por sua advogada era derrubar os efeitos da "Lei Severino".
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ex-chanceler Ernesto Araújo depõe à CPI da Pandemia
Política
Câmara vota adequações na lei sobre a guarda responsável de cães e gatos
Política
Reinaldo lamenta morte de Bruno Covas
Política
"Não é favor, é missão nossa", diz Bolsonaro em entrega de títulos a assentados de MS
Política
Senado aprova redução de tarifa de energia com reembolso de tributos
Política
Rodolfo Nogueira com Bolsonaro amanhã em Terenos
Política
Após Datafolha, Bolsonaro chama Lula de 'ladrão de nove dedos'
Política
Câmara aprova titulo de "visitante ilustre" a Bolsonaro
Política
Riedel atuará com empresários em plano de recuperação econômica
Política
Câmara aprova projeto que institui Kit Merenda da Agricultura Familiar

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio