Menu
Busca terça, 25 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Desempregados poderão cancelar serviços sem pagar multa contratual

O usuário precisará comprovar que perdeu o vínculo empregatício, após a adesão do contrato

16 abril 2019 - 13h51Priscilla Porangaba, com assessoria

O deputado João Henrique (PR) apresentou na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (16) um Projeto de Lei (PL) que permite que uma pessoa desempregada tenha serviços de telefonia fixa, telefonia móvel, internet e TV por assinatura cancelados sem pagar multa contratual de fidelidade.

O usuário precisará comprovar que perdeu o vínculo empregatício, após a adesão do contrato. A proposta segue para apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

O parlamentar defendeu que quem mais sofre com a crise econômica do Brasil são os consumidores que ficam desempregados e acabam se endividando.

“O projeto é uma norma de proteção ao consumidor e que está contida na Constituição Federal”, justificou Henrique.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Audiência debate entrada de animais em hospitais
Política
Morre o ex-deputado estadual Paulo Estevão
Política
Bolsonaro anuncia policial militar na Secretaria-Geral da Presidência
Política
"Abro mão da reeleição se Brasil passar por reforma política", diz Bolsonaro
Política
"Foi a forma", Simone justifica voto e diz que decreto “não poderia justificar porte de arma"
Política
Modelo processual brasileiro impõe parcimônia dos juízes, diz Moro
Política
Relatório da LDO é entregue à Mesa Diretora da Câmara
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Política
Moro fala sobre conversas vazadas com Dallagnol
Política
Câmara quer retomar gratuidade da bagagem

Mais Lidas

Brasil
Pai encontra corpo da filha desaparecida na casa do ex-namorado
Polícia
Pilar de concreto cai e mata criança deitada em rede
Polícia
Pai atira em filho por causa de cobrança de dívida e foge
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos