Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Política

Dezenas de barcos de Taiwan invadem águas territoriais do Japão

25 setembro 2012 - 10h40AFP

Ao menos seis navios da Guarda Costeira de Taiwan, acompanhando dezenas de barcos de pesca, entraram nesta terça-feira (25) nas águas territoriais do Japão em torno das ilhas Senkaku, arquipélago do Mar da China Oriental reivindicado por Taipé e também pela China, informou a Marinha do Japão.

"Dezenas de barcos pesqueiros entraram em nossas águas, acompanhados por seis navios da guarda costeira de Taiwan", disse à AFP um oficial japonês.

Segundo oficiais japoneses citados pela agência de notícias Jiji, os navios da guarda costeira taiuanesa levam tropas de elite e os pesqueiros carregam bandeiras e cartazes com frases convocando à defesa das ilhas Diaoyutai, nome dado por Taiwan ao arquipélago.

A flotilha, que violou o limite de 22 km em torno das ilhas Senkaku, é formada por cerca de 50 barcos pesqueiros, escoltados por seis navios da guarda costeira, e partiu de Taiwan com o objetivo de afirmar a soberania de Taipé sobre o arquipélago.

Os navios japoneses na região advertiram a flotilha por rádio para não entrar nas águas territoriais do Japão, e um barco da guarda costeira de Taiwan respondeu que "estas são águas da República da China (Taiwan) e estamos aqui por nosso direito".

Houve uma "guerra de água" entre os barcos das duas guardas costeiras, para expulsar os barcos de Taiwan.

No momento, a guarda costeira japonesa mantém navios na região das ilhas Senkaku, e cinco barcos chineses estão no limite das águas territoriais do arquipélago.

Este grupo de ilhas desabitadas, situadas a 200 km a nordeste de Taiwan e a 400 km a oeste de Okinawa (sul do Japão), é a origem de grande tensão entre Japão, China e Taiwan.

Na manhã desta segunda-feira, dois navios de vigilância chineses entraram nas águas territoriais em torno do arquipélago, passando a 20 km de duas das ilhas Senkaku - Kubashima e Uotsurijima -, segundo a guarda costeira japonesa.

Outros quatro navios chineses chegaram ao limite das águas territoriais, a 22 km do arquipélago.

Na semana passada, 13 embarcações do governo chinês navegaram pelo menos quatro dias nas proximidades das ilhas Senkaku.

Via G1

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Trump ataca revolução cultural "de esquerda"
Política
Rodrigo Maia defende sindicatos e diz que acabar com eles foi medida adotada por Hitler
Política
Nelsinho diz que Brasil deve fazer sua narrativa sobre a Amazônia
Política
Ministério da Segurança ainda pode ser recriado pelo Governo
Política
Coronel David declara pesar pelo homicídio de Carla Santana
Política
Assembleia fará testes para Covid-19 em deputados e servidores
Política
"Projeto das Fake News gera interesse em 30 países", diz Nelsinho
Política
Câmara da capital aprova orçamento público para 2021
Política
Congresso promulga emenda constitucional que adia eleições municipais
Política
“Iremos cassar alvará dos estabelecimentos que desobedecem ao Toque de Recolher”, diz Marquinhos

Mais Lidas

Clima
Dia será ensolarado com máxima de 32ºC na capital
Polícia
Durante conversa, mulher leva facada por namorada de ex
Polícia
Gusttavo Lima atropela ciclista em Goiânia
Polícia
Carro arranca poste e coqueiro, passageiro é arremessado e morto