Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Política

Dezenas de barcos de Taiwan invadem águas territoriais do Japão

25 setembro 2012 - 10h40AFP

Ao menos seis navios da Guarda Costeira de Taiwan, acompanhando dezenas de barcos de pesca, entraram nesta terça-feira (25) nas águas territoriais do Japão em torno das ilhas Senkaku, arquipélago do Mar da China Oriental reivindicado por Taipé e também pela China, informou a Marinha do Japão.

"Dezenas de barcos pesqueiros entraram em nossas águas, acompanhados por seis navios da guarda costeira de Taiwan", disse à AFP um oficial japonês.

Segundo oficiais japoneses citados pela agência de notícias Jiji, os navios da guarda costeira taiuanesa levam tropas de elite e os pesqueiros carregam bandeiras e cartazes com frases convocando à defesa das ilhas Diaoyutai, nome dado por Taiwan ao arquipélago.

A flotilha, que violou o limite de 22 km em torno das ilhas Senkaku, é formada por cerca de 50 barcos pesqueiros, escoltados por seis navios da guarda costeira, e partiu de Taiwan com o objetivo de afirmar a soberania de Taipé sobre o arquipélago.

Os navios japoneses na região advertiram a flotilha por rádio para não entrar nas águas territoriais do Japão, e um barco da guarda costeira de Taiwan respondeu que "estas são águas da República da China (Taiwan) e estamos aqui por nosso direito".

Houve uma "guerra de água" entre os barcos das duas guardas costeiras, para expulsar os barcos de Taiwan.

No momento, a guarda costeira japonesa mantém navios na região das ilhas Senkaku, e cinco barcos chineses estão no limite das águas territoriais do arquipélago.

Este grupo de ilhas desabitadas, situadas a 200 km a nordeste de Taiwan e a 400 km a oeste de Okinawa (sul do Japão), é a origem de grande tensão entre Japão, China e Taiwan.

Na manhã desta segunda-feira, dois navios de vigilância chineses entraram nas águas territoriais em torno do arquipélago, passando a 20 km de duas das ilhas Senkaku - Kubashima e Uotsurijima -, segundo a guarda costeira japonesa.

Outros quatro navios chineses chegaram ao limite das águas territoriais, a 22 km do arquipélago.

Na semana passada, 13 embarcações do governo chinês navegaram pelo menos quatro dias nas proximidades das ilhas Senkaku.

Via G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Novas doses de vacinas Pfizer chegam ao Brasil hoje
Política
Pandemia: Câmara aprova crédito de R$ 235 mi para áreas indígenas
Política
Dentista vítima de homofobia recebeu homenagem dos vereadores de Campo Grande
Política
Paulo Corrêa ressalta municipalismo de Reinaldo
Política
G7 decide que Queiroga não será ouvido em CPI da covid
Política
Inspeções do sistema de segurança das Urnas começam hoje
Política
Eleições: Votos em mulheres e negros terão mais peso em fundo partidário
Política
Secretário garante que Capital segue com capacidade de endividamento normal
Política
Veto de Bolsonaro é derrubado e despejos por inadimplência estão suspensos até dezembro
Política
CPI: médico confirma denúncias contra Prevent Senior

Mais Lidas

Polícia
Jovem é encontrada morta ao lado da cama de hotel na fronteira
Cidade
Detran e Bombeiros recomendam que pessoas não saiam de casa
Polícia
Mãe é presa depois de consentir namoro da filha de 13 anos com rapaz de 20 anos
Clima
Vídeo: Tá chovendo ai? Tempestade com queda de granizo é registrada na capital