Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Dilma e Serra iniciam campanha no Sul; Marina visita eleitores em SP

07 julho 2010 - 10h13Leandro Taques

No primeiro dia da campanha eleitoral, nesta terça-feira (6), o tucano José Serra e a petista Dilma Rousseff, candidatos à Presidência da República, partiram para o corpo a corpo com eleitores na região Sul do país. O ex-governador de São Paulo visitou Curitiba e a ex-ministra, Porto Alegre. A candidata do PV, Marina Silva, inaugurou um "comitê domiciliar" na Zona Sul da capital paulista.

Em Curitiba, Serra participou de uma caminhada ao lado do ex-prefeito Beto Richa (PSDB), candidato ao governo estadual, e de lideranças regionais. Uma queima de fogos anunciou sua chegada.

Durante o percurso de cerca de 2 km, ele cumprimentou funcionários de uma loja de calçados, fez o tradicional V da vitória e partiu para o corpo a corpo com militantes.

Em entrevista, ele criticou a adversária petista, afirmando que Dilma “não sabe por que quer ser presidente”.

Ao chegar a Porto Alegre, Dilma foi homenageada na Assembleia Legislativa. Participou em seguida de comício no centro da cidade. Depois, fez uma caminhada ao lado de políticos aliados até o mercado público no centro da capital gaúcha, onde ensaiou seu primeiro corpo a corpo de campanha. No mercado, desistiu de almoçar devido à grande quantidade de pessoas no local.

Depois, foi trocado por outro, sem pontos polêmicos. A candidata afirmou que vai incorporar sugestões de outros partidos no programa e disse que não tem o compromisso de aproveitar todas as propostas do congresso do partido.

Marina Silva participou da inauguração de um "comitê domiciliar" no bairro do Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo. O comitê, chamado "Casa de Marina", é uma estratégia da campanha do PV para estimular a divulgação das propostas da candidata.

"Quem foi que disse que isso não é competitivo, que só é competitiva a política massacrante com rios de dinheiro sem envolvimento com as pessoas?” Marina afirmou ainda apostar na internet para compensar o pouco tempo que terá na propaganda eleitoral na TV e no rádio.

 

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ramos afirma que pretende manter boas relações com parlamentares
Política
Presidente tucano assegura apoio a Marquinhos na capital
Política
Reinaldo vai à fronteira nesta sexta-feira
Política
"Governo não vai criar novos impostos", diz Bolsonaro
Política
Câmara define comissão para atuar durante o recesso
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Política
Tucanos discutirão estratégias para 2020 neste sábado
Política
Marun fala sobre “overdose de política” e André no governo
Política
“Aviação é pauta prioritária e MS está incluso”, diz secretário nacional
Política
Após pedido de Marquinhos, ministro investe na saúde da capital

Mais Lidas

Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido