Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Política

Estado entrega cestas básicas a municípios afetados pelas chuvas

28 março 2011 - 14h21
Campo Grande (MS) – O governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MS), entregou hoje de manhã (28) 245 cestas básicas para municípios que foram afetados pelas enchentes e inundações causados por fortes chuvas desde o início do ano. Miranda, Dois Irmãos do Buriti e Anastácio enviaram caminhões para buscar os donativos que se encontram na Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), saída para Três Lagoas. Cada cesta básica pesa 24,3 quilos e contém arroz, feijão, farinha, óleo, açúcar, sardinha, rosquinha de coco, macarrão e leite em pó, atendendo uma família de cinco pessoas por aproximadamente 15 dias. A Cedec-MS enviou caminhões para buscar 2 mil cestas que estavam no armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na cidade Rolândia, no Paraná. De acordo com o capitão Sebastião Galdence Omena, da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, o município de Dois Irmãos do Buriti recebeu 45 cestas básicas; já Anastácio e Miranda receberam 100 cestas cada. Amanhã (29), no período da manhã, Aquidauana e Coxim vão buscar outras 100 cestas básicas cada. “Estes municípios, com exceção de Miranda, que recebe pela primeira vez, já contaram com o auxílio da Cedec, que enviou roupas, alimentos a granel, entre outros donativos”, informou. Coxim e Aquidauana vão receber as cestas amanhã Capitão Omena disse ainda que a Cedec-MS vai auxiliar os municípios à medida que forem chegando os pedidos encaminhados pelas prefeituras. Por determinação do governador André Puccinelli, no início do mês já foram enviadas cestas básicas e roupas, incluindo agasalhos, referentes ao estoque de reserva mantido pela Cedec. Foram entregues também nove mil litros de água fornecida pela Sanesul ao município de Paranaíba. O município de Dois Irmãos do Buriti já recebeu cestas básicas na primeira etapa. Segundo o levantamento da Cedec-MS, as chuvas trouxeram prejuízos na área urbana e rural deixando pelo menos 1,8 mil pessoas afetadas. Para recuperar os estragos causados pelas enchentes, principalmente no Distrito de Palmeiras, a prefeitura vai precisar de mais de R$ 808 mil. Atualmente, 39 famílias estão desabrigadas. Dois Irmãos do Buriti recebeu hoje de manhã 45 cestas básicas De acordo com o coordenador de Defesa Civil do município, Nivaldo Barbosa, estes alimentos serão entregues para famílias que tiveram suas casas inundadas. “São famílias que perderam mantimentos nas enchentes e aquelas que por causa da queda de pontes estavam sem acesso à área urbana. As pessoas estão precisando porque estão sem condição de trabalho e na área rural tiveram perda na produção”, comentou. Outro município que recebe pela segunda vez o auxilio da Cedec-MS é Anastácio. Dados da Defesa Civil do Estado revelam que 4,1 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas. Na área urbana foram prejudicados os bairros Tarumã, Afonso Paim, Santos Dumont e Centro. Já na área rural tiveram prejuízos os assentamentos Monjolinho, São Manoel e Colônia Pulador. Serão necessários mais de R$ 2,5 milhões para recuperar a cidade. “Muitas famílias tiveram que sair de suas casas e tiveram móveis perdidos como sofá, geladeira, guarda roupa, ou seja, entre desalojados e afetados foram 110 pessoas. Esta ajuda do Estado é muito importante, é um amparo para estas famílias que necessitam de alguma sobra no orçamento”, afirmou o coordenador de Defesa Civil de Anastácio, Ademir de Jesus Arruda. A Secretaria Municipal de Assistência Social daquele município vai fazer uma triagem para a entrega das cestas básicas. Pedido As cestas foram liberadas após pedidos feitos pelo governador André Puccinelli durante a visita do ministro do Ministério da Integração Nacional (MI), Fernando Bezerra, no início do mês em Campo Grande. O governador solicitou ao ministro cinco mil cestas básicas, além de kits-dormitório compostos por lençol, travesseiro, fronha, cobertor, mosquiteiro e toalha. O governador André Puccinelli também solicitou ao MI recursos na ordem de R$ 110 milhões para ações emergenciais como, por exemplo, recuperação de estradas e pontes que foram afetadas pelas chuvas. O ministério já empenhou R$ 5 milhões e o Estado aguarda a liberação destes recursos. Fonte: CG News
Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Deputado Barbosinha pede suspensão de cobrança no pedágio da BR-163
Política
Marquinhos decreta barreira sanitária no aeroporto da capital
Polícia
Gerente de motel é preso por filmar clientes durante intimidades
Política
David defende que "o Estado não pode parar", em ações contra o coronavírus
Política
MP de combate ao coronavírus poderá ter R$ 2 bi do fundo eleitoral
Política
Empresários realizarão carreata pelo reabrir do comércio na capital
Política
Maia defende ajuda de custo de R$ 500 à autônomos e desempregados
Política
Câmara aprova plano de carreira aos profissionais da Saúde
Política
Coronavírus - Câmara retira mesas e cadeiras são distanciadas entre vereadores
Política
Senado aprova PL sobre exportação de produtos de combate ao Covid-19

Mais Lidas

Economia
Servidores estaduais irão receber a partir desta terça-feira
Economia
Prazo para saque imediato de até R$ 998 do FGTS termina nesta terça
Geral
Vídeo - “Saidinha" de Bolsonaro tem gritos de isolamento e apoio a Mandetta
Saúde
Semana começa com 17 pediatras atendendo em três UPAs na capital