Menu
Busca domingo, 11 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Política

Estado entrega cestas básicas a municípios afetados pelas chuvas

28 março 2011 - 14h21
Campo Grande (MS) – O governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MS), entregou hoje de manhã (28) 245 cestas básicas para municípios que foram afetados pelas enchentes e inundações causados por fortes chuvas desde o início do ano. Miranda, Dois Irmãos do Buriti e Anastácio enviaram caminhões para buscar os donativos que se encontram na Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), saída para Três Lagoas. Cada cesta básica pesa 24,3 quilos e contém arroz, feijão, farinha, óleo, açúcar, sardinha, rosquinha de coco, macarrão e leite em pó, atendendo uma família de cinco pessoas por aproximadamente 15 dias. A Cedec-MS enviou caminhões para buscar 2 mil cestas que estavam no armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na cidade Rolândia, no Paraná. De acordo com o capitão Sebastião Galdence Omena, da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, o município de Dois Irmãos do Buriti recebeu 45 cestas básicas; já Anastácio e Miranda receberam 100 cestas cada. Amanhã (29), no período da manhã, Aquidauana e Coxim vão buscar outras 100 cestas básicas cada. “Estes municípios, com exceção de Miranda, que recebe pela primeira vez, já contaram com o auxílio da Cedec, que enviou roupas, alimentos a granel, entre outros donativos”, informou. Coxim e Aquidauana vão receber as cestas amanhã Capitão Omena disse ainda que a Cedec-MS vai auxiliar os municípios à medida que forem chegando os pedidos encaminhados pelas prefeituras. Por determinação do governador André Puccinelli, no início do mês já foram enviadas cestas básicas e roupas, incluindo agasalhos, referentes ao estoque de reserva mantido pela Cedec. Foram entregues também nove mil litros de água fornecida pela Sanesul ao município de Paranaíba. O município de Dois Irmãos do Buriti já recebeu cestas básicas na primeira etapa. Segundo o levantamento da Cedec-MS, as chuvas trouxeram prejuízos na área urbana e rural deixando pelo menos 1,8 mil pessoas afetadas. Para recuperar os estragos causados pelas enchentes, principalmente no Distrito de Palmeiras, a prefeitura vai precisar de mais de R$ 808 mil. Atualmente, 39 famílias estão desabrigadas. Dois Irmãos do Buriti recebeu hoje de manhã 45 cestas básicas De acordo com o coordenador de Defesa Civil do município, Nivaldo Barbosa, estes alimentos serão entregues para famílias que tiveram suas casas inundadas. “São famílias que perderam mantimentos nas enchentes e aquelas que por causa da queda de pontes estavam sem acesso à área urbana. As pessoas estão precisando porque estão sem condição de trabalho e na área rural tiveram perda na produção”, comentou. Outro município que recebe pela segunda vez o auxilio da Cedec-MS é Anastácio. Dados da Defesa Civil do Estado revelam que 4,1 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas. Na área urbana foram prejudicados os bairros Tarumã, Afonso Paim, Santos Dumont e Centro. Já na área rural tiveram prejuízos os assentamentos Monjolinho, São Manoel e Colônia Pulador. Serão necessários mais de R$ 2,5 milhões para recuperar a cidade. “Muitas famílias tiveram que sair de suas casas e tiveram móveis perdidos como sofá, geladeira, guarda roupa, ou seja, entre desalojados e afetados foram 110 pessoas. Esta ajuda do Estado é muito importante, é um amparo para estas famílias que necessitam de alguma sobra no orçamento”, afirmou o coordenador de Defesa Civil de Anastácio, Ademir de Jesus Arruda. A Secretaria Municipal de Assistência Social daquele município vai fazer uma triagem para a entrega das cestas básicas. Pedido As cestas foram liberadas após pedidos feitos pelo governador André Puccinelli durante a visita do ministro do Ministério da Integração Nacional (MI), Fernando Bezerra, no início do mês em Campo Grande. O governador solicitou ao ministro cinco mil cestas básicas, além de kits-dormitório compostos por lençol, travesseiro, fronha, cobertor, mosquiteiro e toalha. O governador André Puccinelli também solicitou ao MI recursos na ordem de R$ 110 milhões para ações emergenciais como, por exemplo, recuperação de estradas e pontes que foram afetadas pelas chuvas. O ministério já empenhou R$ 5 milhões e o Estado aguarda a liberação destes recursos. Fonte: CG News
APP JD1_android

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaristas fazem carreata "pela família" e "contra o comunismo"
Política
Reinaldo apresenta Reforma Administrativa na Assembleia
Política
Pessoas com saúde mental afetada pela pandemia podem ter amparo do SUS
Política
Marun está deixando o conselho de Itaipu
Política
Câmara quer imprensa entre prioridades na vacinação
Política
Câmara aprova texto-base de projeto que permite empresas comprarem vacinas
Política
Bolsonaro quer criar Dia de Conscientização sobre Riscos do Aborto
Política
Vereadores criam CPI para esclarecer gastos da prefeitura de Dourados na pandemia
Política
Bolsonaro pretende ligar para presidente da Rússia para falar sobre Sputnik V
Política
Reinaldo sanciona o "Mais Social", que dará R$ 200

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio