Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 03
Política

Giroto e Nelsinho viabilizam R$ 180 milhões do PAC Mobilidade Urbana

02 outubro 2011 - 05h09Divulgação

Após quatro meses de negociação junto ao governo federal, o deputado federal Edson Giroto (PR/MS) e o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), viabilizaram na manhã de sexta-feira (30/09) R$ 180 milhões do PAC da Mobilidade Urbana para investimento no sistema de transporte coletivo de Campo Grande. O projeto final será encaminhado nos próximos dias à presidente da República, Dilma Rousseff.

A definição deste valor ocorreu em reunião no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, com a presença de representantes da prefeitura de Campo Grande, do Ministério das Cidades, do Ministério dos Transportes e da Presidência da República. Na reunião foram analisados os pleitos que podem constar no PAC da Mobilidade Urbana, segundo os critérios estipulados pelo Palácio do Planalto.

O secretário do Programa de Aceleração do Crescimento do Ministério do Planejamento, Maurício Muniz, enfatizou na reunião que existem disponíveis R$ 18 bilhões para os projetos de todo o Brasil, entretanto os pleitos chegam a R$ 30,9 bilhões. "Não posso levar (para a presidente) o que não se enquadra", enfatizou Muniz na reunião, por isso o valor inicial de R$ 280 milhões foi reduzido para R$ 180 milhões.

Foram assegurados R$ 20 milhões para construir cinco terminais; R$ 110 milhões para construção de 68,4 quilômetros de corredores de transporte coletivo; R$ 4,5 milhões para modernização do sistema de controle eletrônico; R$ 40,3 milhões para intervenções viárias; e R$ 6 milhões para estações de pré-embarque.

"O resultado foi positivo, não viabilizamos tudo que pedimos por causa das limitações financeiras do Governo federal, mas com os R$ 180 milhões implantamos o projeto integrado de Mobilidade Urbana, com um ganho significativo para o Transporte Urbano de Campo Grande", enfatizou Nelsinho Trad após a reunião.

Para o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Rudel Espindola Trindade Júnior, "numa definição coletiva, com a participação de representantes dos ministérios envolvidos e da Presidência da República, fizemos a adequação do projeto de acordo com a disponibilidade de recursos da União".

Na avaliação do deputado federal Giroto, "a formatação do PAC Mobilidade Urbana de Campo Grande vai atender a demanda da capital e criar três corredores exclusivos de ônibus, que atenderão as regiões Sul, Sudeste e Norte".

Também participaram da reunião o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), João Antônio De Marco; Roberto Muniz, secretário-executivo do Ministério das Cidades; o secretário Nacional de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Luiz Carlos Bueno de Lima; a

Diretora do Departamento de Mobilidade Urbana, Luiza Gomide de Faria Vianna; Regina Daires, assessora da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República e técnicos destas pastas.

Ideli Salvatti

Pouco antes desta reunião, o prefeito Nelsinho Trad, o deputado federal Giroto, o secretário municipal de Infraestrutura, João Antônio De Marco; e o diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade Júnior, estiveram reunidos com a ministra de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti. Neste encontro foi discutido o PAC da Mobilidade Urbana e recursos para obras de infraestrutura em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
PL exige formas alternativas de educação à alunos do ensino médio
Política
Hidroxicloroquina é tema de debate na Câmara
Política
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Política
Movimento protesta contra Bolsonaro na Afonso Pena
Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Política
Na assembleia, Coronel David lamenta morte de PM
Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
Política
Câmara aprova adicional de 40% a trabalhadores do combate ao coronavírus

Mais Lidas

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Polícia
MP é contrário a liberdade de jovem que matou namorada em acidente