Menu
Busca sábado, 24 de setembro de 2022
(67) 99647-9098
TJMS setembro22
Política

IPESPE diz que pesquisa seguiu "critérios técnicos "

Instituto contratado pelo PRTB, diz que vai apresentar documentos a justiça eleitoral

09 agosto 2022 - 12h29Evelyn Thamaris

Após uma decisão judicial na tarde da última segunda-feira (8), suspendendo a divulgação da pesquisa de intenções de votos para o Governo de Mato Grosso do Sul, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), o mesmo, emitiu uma Nota de esclarecimento quanto a decisão.

Em nenhum momento o juiz declarou que houve qualquer fraude na pesquisa, ocorreu apenas a determinação de uma formalidade legal para que o Instituto adicione uma documentação que sequer interfere no resultado final da pesquisa.

De acordo com a nota do IPESPE, “A pesquisa foi realizada seguindo rigorosamente todos os critérios técnicos e metodológicos, e o Ipespe irá prestar, com absoluta transparência, todos os esclarecimentos solicitados pela Justiça Eleitoral no prazo determinado. E vê com tranquilidade esse tipo de ação dos partidos que buscam maiores esclarecimentos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sobretudo em cenários eleitorais com disputas acirradas em que os ânimos ficam acalorados.”

A pesquisa confirma o fortalecimento do candidato ao Governo do Estado Capitão Contar (PRTB-MS), assim como as últimas pesquisas divulgadas recentemente, porém opositores aproveitaram a situação para desinformar a população e tentar atingir Contar.

O Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE) possui mais de 35 anos de experiência atuando em âmbito nacional no segmento de pesquisas de opinião pública e de mercado.

Confira a nota na íntegra abaixo:

O Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE ) vem a público comunicar, com absoluta transparência, que irá prestar todos os esclarecimentos solicitados pela Justiça Eleitoral, no prazo determinado, a respeito da pesquisa realizada no Mato Grosso do Sul, devidamente registrada sob os protocolos BR04469/2022 e MS-03730/2022. A pesquisa foi realizada seguindo rigorosamente todos os critérios técnicos e metodológicos, e registrada conforme define a legislação eleitoral. O Instituto com a experiência de 36 anos de atuação em todo o país – realizando pesquisas quantitativas e qualitativas, de mercado, opinião pública, eleitorais, estudos de neuromarketing, de georreferenciamento, levantamentos e censos, para diversos partidos, empresas públicas e privadas, governos, instituições, fundações, agências e veículos de comunicação, entre outros – vê com tranquilidade esse tipo de ação dos partidos que buscam maiores informações sobre as pesquisas junto ao TSE, sobretudo em cenários eleitorais com disputas acirradas em que os ânimos ficam acalorados.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro não poderá fazer lives eleitorais nos palácios da Alvorada e do Planalto
Política
Carlos Bernardo se reúne com lideranças e destaca importância dos esportes
Política
"Lula no primeiro turno" domina Twitter
Política
A uma semana da eleição, onde eles estão?
Política
Campanhas eleitorais têm R$ 605 milhões em transações suspeitas
Política
Sabatina JD1TV: "Novos Estaduais"- Marcelo Salomão
Política
João César Mattogrosso viabilizou R$ 30 milhões em recursos para Capital
Política
Marquinhos é intimado em Dourados, mas não vai
Política
Candidato denuncia Fake News à PF após rumor que ele teria abandonado o pleito
Política
MPF arquiva inquérito que resultou no impeachment de Dilma

Mais Lidas

Geral
Saiba quem vai disputar lista sêxtupla da OAB
Polícia
Autor de feminicídio no Jardim Corcovado provocou grave acidente na BR-163
Polícia
JD1TV: Ex-marido esfaqueia mulher até a morte no Jardim Corcovado
Polícia
Mulher quase teve pescoço decepado por ex-marido no Corcovado