Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Justiça Federal concede liberdade a ex-ministro Henrique Alves

O ex-ministro é réu em denúncias de organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção passiva

13 julho 2018 - 12h11Agência Brasil

O juiz Francisco Eduardo Guimarães Farias, titular da 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, concedeu hoje (13) liberdade provisória ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves, que cumpria prisão domiciliar em Natal.

O ex-ministro é réu no processo da Operação Manus, onde constam denúncias de organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

O juiz, na sua decisão, estendeu a Henrique Alves os efeitos da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, que concedeu habeas corpus ao réu Eduardo Cunha no mesmo processo.

O advogado Marcelo Leal, que defende o ex-ministro, está neste momento na 14ª Vara da Justiça Federal, em Natal, onde ocorre o último ato de instrução do processo com o interrogatório de Eduardo Cunha. Ele disse, por meio de nota, que a decisão da Justiça Federal atesta a inocência de Henrique Alves.

"A liberdade de Henrique é o coroamento de um processo em que até mesmo as testemunhas de acusação e os delatores premiados atestaram a inocência de Henrique Alves. O processo está no final. Hoje será ouvido o interrogatório do último réu, Eduardo Cunha. Depois disso, vem a fase de requerimento de diligências, alegações finais e sentença. Estou convicto disso. Foram ouvidas quase 100 testemunhas neste processo e todas, absolutamente todas, confirmam a inocência de Henrique!", finalizou.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Azambuja fala sobre reforma da Previdência no Globo News
Brasil
Para Guedes reforma da Previdência não pode ser menor que R$ 1 trilhão
Política
Vereadores votam quatro projetos na sessão de quinta-feira
Política
No STF, Azambuja discute Lei Kandir e repasses da União para os estados
Política
Bolsonaro entrega reforma da Previdência ao Congresso
Brasil
Suspensão de decreto sobre sigilo de documentos é aprovado pela Câmara
Política
Renato Câmara tem nome indicado para presidir o MDB-MS
Brasil
Nelsinho é o novo coordenador da bancada do MS no Congresso
Brasil
Campos Neto será sabatinado na próxima semana
Política
Orro propõe que leitura nos presídios diminua a pena dos custodiados de MS

Mais Lidas

Polícia
Depois de sair de festa, jovem morre ao capotar veículo no centro
Cidade
Evite ser multado, saiba onde estão os radares nas ruas da capital
Polícia
Dupla em motocicleta atira e acerta rosto de policial, na fronteira
Cidade
Prefeitura convoca aprovados em processo seletivo para merendeiro