Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Política

Lula entrará na campanha a partir de 6 de agosto

24 julho 2012 - 10h37Reprodução

Em reunião de aproximadamente duas horas com dirigentes do PT e o candidato do partido à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu uma avaliação da situação eleitoral da sigla em todo o país e um levantamento de onde será preciso sua participação direta.

Lula voltou nesta segunda-feira (23) do descanso de dez dias no interior de São Paulo, mas avisou a cúpula do PT que só estará 100% disponível a partir do dia 6 de agosto, quando fará um novo check up para avaliar a sua recuperação após o tratamento do câncer na laringe.

Segundo Haddad, apesar de estar se sentindo melhor, Lula só poderá se engajar nas campanhas com o aval dos médicos.

— Estamos prevendo, a depender dos exames do dia 6, algumas atividades externas, como participação na apresentação do programa de governo e de carreatas.

Durante a reunião, os dirigentes listaram as cidades prioritárias para o partido, entre elas, Recife e Belo Horizonte, como contou o deputado Edinho Silva, presidente do diretório estadual do PT em São Paulo.

— Tem algumas capitais que ele estará presente, outras será por meio de depoimentos na TV.

Na avaliação dos petistas, apesar de Haddad estar estacionado nas pesquisas de intenção de votos, é preciso aguardar o início da cobertura das campanhas pela TV, quando as redes de televisão farão a exposição diária dos candidatos e o eleitorado terá a chance de conhecer o petista. Edinho explica como os petistas enxergam a conjuntura:

— O Fernando Haddad vai para o segundo turno e vai numa situação muito favorável.

Ainda de acordo com Haddad, Lula não comentou a última pesquisa Datafolha, que apontou o petista com 7% das intenções de voto. No entanto, Lula manifestou otimismo em relação ao potencial de crescimento de Haddad.

— Ele está otimista. Ele entende que há um clima de mudança mesmo e que os ventos vão soprar a favor da mudança.

Os petistas deixaram a reunião com Lula satisfeitos com a melhora em seu estado geral de saúde. Eles afirmaram que o ex-presidente está bem disposto e que não sente mais dores, apesar de tossir quando fala em excesso.

Após a reunião para discutir eleições municipais, Lula se reuniu com dirigentes e jogadores do Corinthians. No início da noite desta segunda, Lula recebeu a visita de Mário Gobbi, presidente do clube, do técnico Tite, do gerente de futebol Edu Gaspar e do lateral Alessandro. O clube fez questão de trazer a taça original da conquista da Copa Libertadores.

Via R7

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Justiça do RJ condena Bolsonaro pagar multa a Jean Wyllys
Política
Bolsonaro nomeia Temer como chefe da missão de ajuda ao Líbano
Política
Fabrício Queiroz e esposa repassaram R$ 89 mil para Michelle Bolsonaro
Política
Eleição para vereador é enigma na pandemia
Política
"Nunca procurou a gente para conversar", diz Marquinhos sobre a Defensoria Pública
Política
“Medidas são tomadas para frear a pandemia e não matar a economia”, diz Marquinhos
Política
Reinaldo cria departamento anticorrupção
Política
Ensino de Libras poderá ser obrigatório nas escolas de todo o Brasil
Política
Internado, Coronel David luta contra a covid-19
Política
Assembleia aprova tramitação de benefício a servidores do Sistema Penitenciário

Mais Lidas

Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Campanha “Compre de MS” busca incentivar consumo de produtos da indústria local
Saúde
Vídeo: Recém-nascido recebe alta após superar coronavírus em MS
Internacional
Polícia tenta impor distanciamento em praia e é atacada
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá