Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 03 - tarde demais
Política

Marcos Valério é condenado a quatro anos de prisão por sonegação de imposto

23 janeiro 2013 - 11h12Marcelo Prates/Hoje em dia/Folhapress

Condenado a mais de 40 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão, o publicitário Marcos Valério recebeu nova pena de quatro anos de prisão e 120 dias-multa pelo crime de sonegação de impostos. A decisão é da Justiça Federal em Minas Gerais e ainda pode ser recorrida.

Segundo a denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF-MG), Marcos Valério e sua esposa, Renilda Santiago, omitiram informações sobre o Imposto de Renda e prestaram declarações falsas à Receita Federal em 2001 e 2002. Os dados foram retificados em 2005, ano em que a denúncia do mensalão veio à tona, mas as contas permaneceram com problemas.

Em decisão do dia 15 de janeiro, divulgada apenas nesta terça-feira (22), a juíza da 4ª Vara Federal de Belo Horizonte, Camila Franco e Silva Velano, afirmou que o casal não conseguiu comprovar a origem de vultuosas quantias movimentadas em mais de oito contas bancárias, além de ter prestado informações falsas para induzir a Receita em erro.

A juíza absolveu a mulher de Valério alegando que o publicitário era o principal administrador das contas bancárias e o responsável pelas declarações à Receita Federal. O MPF ainda analisa se irá recorrer da absolvição de Renilda Santiago.

Segundo o Ministério Público, a responsabilidade administrativa pelo episódio da sonegação fiscal foi configurada e a cobrança do dinheiro está sendo realizada pela Procuradoria da Fazenda Nacional.

Via Agência Brasil

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
PL exige formas alternativas de educação à alunos do ensino médio
Política
Hidroxicloroquina é tema de debate na Câmara
Política
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Política
Movimento protesta contra Bolsonaro na Afonso Pena
Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Política
Na assembleia, Coronel David lamenta morte de PM
Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
Política
Câmara aprova adicional de 40% a trabalhadores do combate ao coronavírus

Mais Lidas

Polícia
Armado, homem ameaça matar família se ex não entrasse em carro e a sequestra
Educação
Resultado do Sisu sairá nesta terça
Polícia
Mulher tem ótica furtada e desconfia de irmã
Geral
Procon-MS encontra raio-X a R$ 11 em clínica e a R$ 110 na Ultramedical