Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Política

MS tem “plano b”, se nova previdência excluir estados

Caso não aconteça a inclusão, MS já tem uma solução preparada e na ponta da agulha: reprisar a nível local

13 julho 2019 - 11h15Da Redação

Um fantasma de difícil solução política, assombra estados e municípios: o das novas regras da previdência, que estão sendo votadas em Brasilia, não contemplarem outros entes da federação, que não o Governo Federal.

A hipótese é a mais provável, apesar de haver um esforço de lideranças mais responsáveis, para corrigir essa distorção, quando o plenário do senado federal, se manifestar sobre a questão.

Caso não aconteça  a inclusão, Mato Grosso do Sul, já tem uma solução preparada e na ponta da agulha, reprisar a nível local, o que for aprovado pelo congresso nacional, e que valerá para os servidores federais.

Segundo um dos elaboradores da estratégia e que conversou em com o JD1 Notícias, se estados seguirem excluídos, no dia seguinte a promulgação da nova lei, “encaminharemos para a assembleia, uma cópia do que for sancionado para a provação".

“Estaremos apenas nos adequando a legislação federal”, nada além disso. A nova lei em MS sera idêntica a que sera adotada pelo governo federal, e propiciara economia, proporcionalmente parecida em favor de MS, com a que a união terá .

A cúpula política do Parque dos Poderes, sabe que poderão haver reações e articulações contrárias a essa  movimentação, mas não vê outra saída, “não sabemos e quer como pagaremos o décimo terceiro”, afirmou nossa fonte, “impossível agir de forma diferente”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro foi alertado pela Abin sobre “necessidade de isolamento”
Política
Coronel David visita novo Comandante da PM e reafirma apoio às forças de segurança
Política
Mansour rebate fala de Bolsonaro que contraria exame da OAB
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa
Política
“Não faltará dinheiro”, afirma Simone sobre ajuda a estados e municípios
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro
Política
Assembleia reconhece mais três municípios em estado de calamidade pública
Política
Reinaldo entrega cestas básicas que beneficiarão 1,6 mil idosos
Política
“Pessoas do interior vem a capital para fugir do surto da pandemia”, diz Marquinhos
Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022

Mais Lidas

Geral
Caixa libera saques e transferências da 2ª parcela para nascidos em fevereiro
Polícia
Homem é executado com tiros de fuzil
Cidade
Refis com até 100% de desconto começa nesta segunda e recursos serão destinados à saúde
Clima
Temperaturas sobem com céu nublado na capital nesta segunda