Menu
Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Política

MS terá um suplente para mandato de 30 dias

Com a saída de Mandetta para o cargo de ministro, o ex vereador e suplente Coringa assume por 30 dias

26 dezembro 2018 - 12h08Da redação    atualizado em 26/12/2018 às 12h21

Com a mudança de governo, recesso, saídas de deputados e licenciamentos, suplentes ao cargo de deputado federal terão a chance de trabalhar em Brasília por 30 dias, até a posse dos eleitos em 2018, que acontece dia 1° de fevereiro. Os suplentes ocuparão as vagas de parlamentares eleitos ou contemplados com cargos nos governos estaduais e federal, que tomarão posse a partir do dia 1º de janeiro. 

Em Mato Grosso do Sul temos um suplente das eleições 2014, é o caso de Ademar Vieira, o Coringa (PSD), que atualmente trabalha como subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos na prefeitura de Campo Grande. Ele deve se apresentar à Câmara Federal e permanecer até a chegada dos novos empossados.

Tudo isso ocorre porque, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), que não concorreu às eleições esse ano, foi indicado ao cargo de ministro da saúde. Ele deve tomar posse dia primeiro  de janeiro, dando espaço ao suplente Coringa.

Em 2017 o primeiro suplente Fabio Trad (PSD) assumiu o cargo após a saída de Carlos Marun (MDB) que assumiu o cargo de ministro da Secretaria de Governo. Trad foi eleito para o mandato em 2019 e nessa temática “não perde” o cargo seguindo como suplente até o início de fevereiro, quando assume a titularidade no Congresso.

Isso porque  Tereza Cristina (DEM) indicada para o Ministério da Agricultura, se licenciará do cargo de deputada federal para assumir a pasta.  Mesmo com Marun retornando a condição de deputado federal , dia 1° de janeiro, Fabio não será desalojado no mês de janeiro , beneficiado pela licença de Tereza Cristina. 
Na prática Mato Grosso do Sul terá apenas um suplente assumindo, no mês de janeiro.

O  Estadão divulgou que menos vinte suplentes tomarão posse no Congresso em janeiro para mandatos relâmpagos antes do fim da atual legislatura. O período será inferior a um mês, e eles receberão entre vencimentos e verbas  ,  um total que pode chegar a R$ 72 mil reais .

Segundo o jornal, mesmo no mês de “férias” do Congresso, os novos parlamentares receberão o salário de R$ 33,7 mil e ainda poderão acumular outros benefícios, como auxílio-moradia, de R$ 3,8 mil. Quem assumir a suplência pela primeira vez, poderá ainda receber o equivalente a mais um salário, de R$ 33,7 mil, como ajuda de custo para início do mandato, o chamado auxílio-mudança.  Eles também terão  direito  à cota parlamentar – que varia de R$ 30,7 mil a R$ 45,6 mil dependendo do estado de origem – para gastos com passagem aérea, com funcionários e demais custos do gabinete. Somando o gasto com todos os suplentes que poderão assumir em janeiro – sem contar a cota parlamentar –, o valor pode chegar a cerca de R$ 1,42 milhão.

 

Reportar Erro
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Riedel vai representar estados em comissão no STF sobre marco temporal
Política
Riedel vai representar estados em comissão no STF sobre marco temporal
Governadoria
Política
Riedel sanciona LDO para 2025 com receita estimada de R$ 26,4 bilhões
Coronel David quer acordo para fim dos conflitos e invasões de terra em MS
Política
Coronel David quer acordo para fim dos conflitos e invasões de terra em MS
Foto: Divulgação
Política
Gerson diz que eleição não afetará calendário da Assembleia Legislativa
Urna eletrônica
Política
Eleições 2024: Entenda o processo de escolha e registro de candidatos
Candidatos e partidos devem declarar recursos de campanha em até 72 horas, diz TSE
Justiça
Candidatos e partidos devem declarar recursos de campanha em até 72 horas, diz TSE
Adriane Lopes e Tereza Cristina durante lançamento de pré-candidatura
Política
"Não tenho medo dos poderosos", diz Adriane no lançamento da pré-candidatura
Deputado Coronel David (PL)
Política
Coronel David enfatiza importância da utilização do Cadastro de Pedófilos de MS
Depac Cepol, em Campo Grande, onde o caso foi registrado
Política
Rapaz é esfaqueado ao negar R$ 20 para dupla em moto no Tiradentes
TRE-MS moderniza processos eleitorais com ferramenta de IA
Justiça
TRE-MS moderniza processos eleitorais com ferramenta de IA

Mais Lidas

Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital
Kauã morreu horas após dar entrada no hospital
Polícia
Adolescente esfaqueado pela própria mãe morre em hospital de Campo Grande
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Educação
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Lulu Oliveira
Comportamento
Aos 41 anos, Lulu Oliveira representará MS no Miss Universo Brasil 2024