Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Nelsinho quer diminuir “inchaço da máquina pública” com fim dos privilégios

“É no Senado que o debate democrático se impõe e eu quero defender essas propostas”, argumentou Trad

13 setembro 2018 - 19h24

O candidato ao Senado Federal por Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad (PTB), concedeu entrevista na tarde desta quinta-feira a FM Cidade 97 (13), onde defendeu o fim dos privilégios para ajudar a diminuir o tamanho da máquina pública federal e a redirecionar investimentos da União para o benefício da população dos municípios.

O candidato ainda falou de renovação. “Eu quero liderar esse movimento contra a velha política. Se eu terei apartamento funcional, não preciso receber auxílio-moradia, por exemplo. Eu defenderei essa bandeira no Senado. Aliás, é para isso que quero estar na Casa que representa o equilíbrio legislativo da Federação. Enquanto o estado de São Paulo tem mais de 80 deputados federais e Mato Grosso do Sul tem oito, no Senado, cada estado tem 3 senadores, igualmente. É lá que o debate democrático se impõe e eu quero defender essas propostas”, argumentou. 

Sobre a investigação que envolve o governador Reinaldo Azambuja, Nelsinho afirmou que no processo de mudança do país, é normal que homens públicos tenham suas ações administrativas investigadas por órgãos de controle que estão cada dia mais aperfeiçoados. “O que não se pode fazer é condenar alguém previamente por ser alvo de uma investigação. Há que se respeitar a Constituição Federal, que garante o direito ao contraditório e o amplo direito de defesa. Ainda mais quando se trata de ações do Executivo”, afirmou Nelsinho, que já foi prefeito da capital por dois mandatos. 

Nelsinho disse ainda que o governador Reinaldo Azambuja, pegou o estado de Mato Grosso do Sul no último lugar no ranking nacional de transparência (referindo-se a avaliação elaborada pelo Ministério Público Federal) e “elevou o estado à condição de campeão nacional neste quesito”. O candidato finalizou a entrevista reforçando seu apoio a Azambuja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Azambuja fala sobre reforma da Previdência no Globo News
Brasil
Para Guedes reforma da Previdência não pode ser menor que R$ 1 trilhão
Política
Vereadores votam quatro projetos na sessão de quinta-feira
Política
No STF, Azambuja discute Lei Kandir e repasses da União para os estados
Política
Bolsonaro entrega reforma da Previdência ao Congresso
Brasil
Suspensão de decreto sobre sigilo de documentos é aprovado pela Câmara
Política
Renato Câmara tem nome indicado para presidir o MDB-MS
Brasil
Nelsinho é o novo coordenador da bancada do MS no Congresso
Brasil
Campos Neto será sabatinado na próxima semana
Política
Orro propõe que leitura nos presídios diminua a pena dos custodiados de MS

Mais Lidas

Polícia
Depois de sair de festa, jovem morre ao capotar veículo no centro
Cidade
Evite ser multado, saiba onde estão os radares nas ruas da capital
Polícia
Dupla em motocicleta atira e acerta rosto de policial, na fronteira
Cidade
Prefeitura convoca aprovados em processo seletivo para merendeiro