Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Política

PMDB começa a discutir neste sábado candidatos para 2012

02 julho 2011 - 08h46Divulgação

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) reunirá na manha deste sábado (02/07) todos os membros do Diretório Estadual de Mato Grosso do Sul. A reunião geral é uma atividade prevista no estatuto do Partido para acontecer pelo menos uma vez ao ano. Segundo o presidente estadual da Legenda, Esacheu Nascimento, o encontro é uma grande oportunidade para que os membros do partido interajam e troquem informações sobre o andamento da política em suas regiões.

Na pauta está o relatório de atuação da diretoria e temas relacionados à política e demais realizações da agremiação como a preparação de candidatos para o pleito de 2012. Segundo Esacheu Nascimento a reunião servirá também para que as diretrizes do Partido sejam mais bem divulgadas entre os membros, principalmente os do interior do Estado. "Temos que aproveitar oportunidades como estas para estreitar os contatos e garantir que o PMDB fale uma única língua em todo o MS", afirma o presidente.

O encontro deve contar também com lideranças partidárias como o governador do Estado entre outras. Os trabalhos começaram há pouco e tem encerramento previsto para as 12h. Após o encontro os membros do Diretório devem almoçar juntos em refeição oferecida pelo Partido. O Diretório Estadual é composto de diferentes níveis como Comissão Executiva, Titulares, Comissão de Ética e Suplentes e nó total passa de cem o número de componentes.

Sucessão de Nelsinho

Um dos temais principais é a dicussão em torno do candidato do PMDB à prefeitura de Campo Grande. Há a possibilidade do partido ser coadjuvante no precesso eleitoral, já que os pré-candidatos favoritos do governador André Puccinelli e do atual prefeito Nelsinho Trad estão filiados a partidos aliados.

André de há muito sonha em fazer Edson Giroto o prefeito da Capital. Tentou a primeira vez na sua sucessão na prefeitura de Campo Grande há sete anos, mas a pressão interna e as pesquisas acabaram favorecendo Nelsinho Trad. Agora com Giroto na condição de deputado federal mais votado de Mato Grosso do Sul, André acredita que pode implacar sua candidatura a prefeito.

Já Nelsinho Trad trabalha com opções tanto dentro do PMDB quanto fora, mas sua preferência recai sobre o primo Luiz Henrique Mandeta, seu ex-secretário de Saúde e atual deputado federal por Mato Grosso do Sul.

Internamente no PMDB, as pressões mais fortes por candidatura própria são do atual presidente da Câmara, Paulo Siufi, e do vice-prefeito da Capital, Edil Albuquerque.

Ter candidato na Capital é importante para qualquer partido consolidar-se também no interior do Estado. Resta saber se o PMDB vai abrir mão de seu favoritismo na Capital e jogar peso apenas no interior do Estado.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
"Ele fechou a mão duas vezes para me bater", diz candidata sobre Kemp
Política
AO VIVO: O que Vinicius Siqueira quer fazer por Campo Grande?
Política
Citando Dilma, PT "se une" a Kemp e diz que vídeo foi editado
Política
PF usará drones para fiscalizar compra de votos nas Eleições 2020
Política
Marquinhos tem projeto de combate à intolerância e racismo
Política
ELEIÇÕES 2020: Vinicius Siqueira será o entrevistado desta quinta, no JD1
Política
Vídeo: Kemp surta, grita com candidata e depois lamenta ter “excedido”
Política
Candidatos participam de debate na Fetems
Política
3,7 mil servidores serão promovidos anuncia Reinaldo
Política
Nelsinho Trad entrega carta assinada por Bolsonaro ao Governo Russo

Mais Lidas

Política
"Ele fechou a mão duas vezes para me bater", diz candidata sobre Kemp
Polícia
'Benzedeira' faz extorsão e ameaça vítima de morte dizendo ser do PCC
Polícia
PRF intensifica fiscalização nas BR's de MS no feriadão de Finados
Economia
Dólar perde força ao longo do dia, mas fecha em alta novamente