Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
Política

PMDB começa a discutir neste sábado candidatos para 2012

02 julho 2011 - 08h46Divulgação

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) reunirá na manha deste sábado (02/07) todos os membros do Diretório Estadual de Mato Grosso do Sul. A reunião geral é uma atividade prevista no estatuto do Partido para acontecer pelo menos uma vez ao ano. Segundo o presidente estadual da Legenda, Esacheu Nascimento, o encontro é uma grande oportunidade para que os membros do partido interajam e troquem informações sobre o andamento da política em suas regiões.

Na pauta está o relatório de atuação da diretoria e temas relacionados à política e demais realizações da agremiação como a preparação de candidatos para o pleito de 2012. Segundo Esacheu Nascimento a reunião servirá também para que as diretrizes do Partido sejam mais bem divulgadas entre os membros, principalmente os do interior do Estado. "Temos que aproveitar oportunidades como estas para estreitar os contatos e garantir que o PMDB fale uma única língua em todo o MS", afirma o presidente.

O encontro deve contar também com lideranças partidárias como o governador do Estado entre outras. Os trabalhos começaram há pouco e tem encerramento previsto para as 12h. Após o encontro os membros do Diretório devem almoçar juntos em refeição oferecida pelo Partido. O Diretório Estadual é composto de diferentes níveis como Comissão Executiva, Titulares, Comissão de Ética e Suplentes e nó total passa de cem o número de componentes.

Sucessão de Nelsinho

Um dos temais principais é a dicussão em torno do candidato do PMDB à prefeitura de Campo Grande. Há a possibilidade do partido ser coadjuvante no precesso eleitoral, já que os pré-candidatos favoritos do governador André Puccinelli e do atual prefeito Nelsinho Trad estão filiados a partidos aliados.

André de há muito sonha em fazer Edson Giroto o prefeito da Capital. Tentou a primeira vez na sua sucessão na prefeitura de Campo Grande há sete anos, mas a pressão interna e as pesquisas acabaram favorecendo Nelsinho Trad. Agora com Giroto na condição de deputado federal mais votado de Mato Grosso do Sul, André acredita que pode implacar sua candidatura a prefeito.

Já Nelsinho Trad trabalha com opções tanto dentro do PMDB quanto fora, mas sua preferência recai sobre o primo Luiz Henrique Mandeta, seu ex-secretário de Saúde e atual deputado federal por Mato Grosso do Sul.

Internamente no PMDB, as pressões mais fortes por candidatura própria são do atual presidente da Câmara, Paulo Siufi, e do vice-prefeito da Capital, Edil Albuquerque.

Ter candidato na Capital é importante para qualquer partido consolidar-se também no interior do Estado. Resta saber se o PMDB vai abrir mão de seu favoritismo na Capital e jogar peso apenas no interior do Estado.

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Governo lançará programa ‘MEI Caminhoneiro’
Política
Bolsonaro sanciona lei que estabelece autonomia do Banco Central
Política
Assembleia aprova calamidade pública em Rio Brilhante, Ivinhema e Naviraí
Política
Senado aprova projeto que facilita compra de vacinas pelo setor privado
Política
MS poderá ter Campanha de Prevenção ao Desaparecimento de Crianças
Polícia
Vídeo: Nervoso, jovem encontra cascavel em casa e aciona polícia
Política
Bolsonaro e Pazuello vão ao Acre entregar 21,9 mil doses de vacinas
Política
Bolsonaro diz que comitiva irá a Israel buscar spray contra covid
Política
O desafio de Eduardo Riedel
Política
Riedel na Infraestrutura, Murilo na Segov e mais

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio