Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Política

Prefeito considera Morenão viável para shows, mas quer ouvir empresários

21 fevereiro 2011 - 17h32
O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), disse nesta manhã, durante entrega de kits escolares, que considera o estádio Morenão uma opção viável para realização de shows, após a decisão judicial que proibiu eventos musicais no Parque de Exposições Laucídio Coelho. No entanto, ele afirmou que pretende ouvir a opinião dos promotores de evento sobre a viabilidade do estádio como palco de eventos. O prefeito se reúne hoje, às 17h30, com os promoters para discutir o assunto. A Prefeitura de Campo Grande, por meio do procurador do município, Ernesto Borges, já realizou, na semana passada, vistoria no estádio para verificar “de perto” a estrutura, como arquibancadas, banheiros e demais espaços. “Estrutura não é o problema. Triste é a cidade que não tem um estádio como este”, disse o procurador, na ocasião. Saiba Mais Fonte: CG News
Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Após críticas, Bolsonaro altera decreto de posse de armas
Política
Acordo entre a Câmara e Senado votará MP que reduz ministérios
Política
Políticos não poderão mais usar milhas de passagens aéreas
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações
Política
Para presidente do PSL, Bolsonaro não precisa de manifestações
Política
Nelsinho preside audiência pública para preservação ambiental em Bonito
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas
Política
TRE-MS e Assembleia assinam termo de cooperação audiovisual
Política
Blal Dolloul, de MS, está entre os dez candidatos à PGR
Política
Coronel David pede reparo em câmeras de rodovia

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações