Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99647-9098
Política

Prefeito de Ladário alega não ter conhecimento de fraudes

19 maio 2011 - 09h30Revista Pantaneira

O prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria, falou nesta quarta-feira, pela primeira vez sobre sobre a prisão de seis servidores públicos municipais acusados de fraude em licitações. Os funcionários públicos foram presos há três dias durante a Operação Questor, da Polícia Federal.

A coletiva foi realizada em uma sala de reuniões da prefeitura de Ladário. O prefeito foi acompanhado de secretários e assessores. O chefe do executivo declarou que não tinha conhecimento das supostas fraudes em licitações e irregularidades apontadas pela Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal (PF) na operação.

O prefeito também falou que pretende manter nos cargos os seis servidores públicos do município que estavam presos temporariamente. Ele disse ainda, que se, por acaso a Justiça determinar o afastamento cautelar dos funcionários a prefeitura vai acatar a decisão. Mas, por enquanto, nenhum substituto foi escolhido.

Nas secretarias de Finanças e de Educação, quem está administrando agora, são assessores das pastas. O prefeito de Ladário está gerenciando os trabalhos.

A Operação Questor foi realizada na segunda-feira (16). Sete pessoas foram presas e vários computadores e documentos foram apreendidos na ação que investiga desde 2008 fraudes em licitações na prefeitura de Ladário.

Na reunião, o prefeito alegou que, por enquanto, existem apenas indícios de crimes e disse que vai prestar o apoio aos servidores que estão detidos.

A Justiça concedeu nesta tarde o alvará de soltura dos seis servidores da prefeitura de Ladário presos durante a Operação Questor.

Com informações do G1 MS.

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Senado aprova texto-base da PEC Emergencial em 2º turno
Política
Mourão diz que Brasil acompanha ritmo de vacinação mundial
Política
Covid-19: Câmara aprova projeto para ajudar setor de eventos
Política
Senado aprova em primeiro turno PEC que permite volta do auxílio emergencial
Política
Simone Tebet deve ser escolhida como líder da bancada feminina no Senado
Política
"Não somos ditadura", diz Mourão ao rejeitar lockdown nacional
Política
Líderes da Câmara apoiam 'tramitação especial' da PEC emergencial
Política
“Quase certo”, afirma Bolsonaro sobre auxílio de R$ 250 por quatro meses
Política
Estado lança projeto para levar luz ao Pantanal
Política
Senador quer legalizar jogo do bicho e cassinos para retomada da economia

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio