Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 99647-9098
Política

Prefeitura e sindicato debatem reajuste dos servidores públicos de Bonito

19 maio 2011 - 09h17Luciana Garcia

O prefeito José Arthur Figueiredo reuniu-se na manhã desta terça-feira com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bonito, Sami de Souza Mustafá e vários outros representantes da entidade para tratar da concessão do aumento salarial que será repassado ao funcionalismo público de Bonito já a partir do próximo mês.

Durante o encontro, além dos líderes sindicais também estiveram presentes os vereadores Luisa Cavalheiro, Josmail Rodrigues, Nelson Vieira, Leonardo Casanova, Clóvis Shidmit, Pedro Rosário e Pedro Duarte.

De acordo com a vereadora Luisa Cavalheiro, o presidente do Sindicato encaminhou um pedido solicitando 7,5% de aumento para os funcionários, que seriam referentes às perdas e reposições salariais desde 2010. Com base nesse pedido, os vereadores, decidiram pedir ao prefeito a concessão do reajuste de 8%, mais próximo aos 8,5% já concedidos aos professores e pago com data retroativa desde janeiro deste ano.

‘’Ainda que o executivo tenha que confirmar os 8%, eu tenho certeza que esse será o índice de reajuste adotado e nós podemos considerar uma conquista de um trabalho conjunto, do Executivo, da Câmara e do Sindicato. Além, claro, da preocupação de todos com melhor para o funcionalismo, mas também em levar em consideração o impacto financeiro do aumento proposto e da capacidade de pagamento do município”, afirmou a vereadora.

Ainda em estudo, o aumento de 8%, é superior aos 6,46% do INPC, Índice Nacional de Preços ao Consumidor, adotado como base para reajustes salariais e deve ser confirmado nos próximos dias, quando será enviado na forma de projeto para a Câmara. A previsão é de que o projeto seja votado já na próxima Sessão, 24 de maio, em regime de urgência.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sami Mustafá, classificou como bom o acordo proposto para a categoria. “Eu acho que foi bom, é claro que o meu papel é sempre continuar lutando para o que for melhor para o servidor”, justificou.

Segundo José Arthur, a meta é sempre manter a recuperação salarial conforme estabelece a lei, garantindo um aumento real acima da inflação. “A nossa intenção é que os funcionários sempre tenham um ganho real acima da inflação.

O índice de 8% está em estudo, a pedido dos vereadores e do sindicato, mas se confirmado, até quinta-feira será enviado para votação na Câmara em regime de urgência, para que possa ser repassado ao funcionalismo público já no próximo pagamento, até dia o próximo dia primeiro de junho”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Maia defende diálogo para aprovar reforma da Previdência
Política
Bolsonaro destaca potencial econômico do Brasil e quer ampliar parceria com EUA
Política
Turistas dos EUA, Austrália, Canadá e Japão poderão entrar no Brasil sem visto
Cidade
Problemas da capital serão discutido em seminário no próximo sábado
Política
Maia diz que é viável aprovar reforma da Previdência no primeiro semestre
Política
Substituição da prisão preventiva por domiciliar para lactantes está na pauta do Plenário
Política
Nelsinho e Tereza Cristina vão aos EUA com Bolsonaro
Política
Políticos se reúnem para tratar da reforma da Previdência
Política
Marun diz que MDB disputará prefeitura da capital
Política
Herbert assume secretaria na capital

Mais Lidas

Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Homem mata ex-esposa com golpes de machadinha
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Sul-mato-grossense e namorado morrem em acidente em Porto Alegre