Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Projeto que obriga presos a ressarcir o estado é aprovado pela CDH

O Projeto de Lei é de autoria do ex-senador de Mato Grosso do Sul Waldemir Moka

14 maio 2019 - 13h36Mauro Silva com assessoria

O Projeto de Lei do ex-senador Waldemir Moka (MDB-MS) que obriga os presos a ressarcirem o estado pelos gastos durante prisão é aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação  Participativa (CDH) nesta terça-feira (14) no Senado.

A proposta recebeu voto favorável em forma de substitutivo, da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS). Ela acatou a emenda sugerida no Plenário pelo senador Humberto Costa (PT-PE), para tratar da situação do preso provisório.

A senadora concordou que no caso de ausência de uma sentença definitiva o ressarcimento deve ser impedido. Nesses casos os valores recebidos pelo estado devem ser depositados judicialmente, e assim revertidos para o pagamento das despesas de manutenção somente em condenação final. Caso haja absolvição o valor será devolvido ao preso.

Adendos

O preso que tiver condições financeiras, mas se recusar a pagar ou a trabalhar será inscrito na dívida ativa da Fazenda Pública. O texto também mantém emenda incluída por Simone Tebet (MDB-MS) para prever que o preso sem condições financeiras que ainda tiver restos a pagar por seus gastos seja perdoado da dívida ao ser posto em liberdade.

Todo o projeto foi discutido e analisado pela CDH, Soraya comentou que as alterações foram alvos de críticas. A senadora disse também que 45.937 pessoas declararam apoiar o projeto por meio do canal e-Cidadania, do Senado, enquanto 1.428 cidadãos se mostraram contra a medida.

“Não podemos ignorar que, por essa amostra, 97% da população brasileira quer que todo preso arque com seus custos. Eu escuto a voz do povo e, como sua representante neste Parlamento, não posso ser contrária a este projeto”, declarou.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Fábio solicita inclusão do exame de câncer colorretal no SUS
Política
Suspeito de tentar roubar fio de energia, é encontrado morto
Política
Marçal Filho inicia grupo de defesa à saúde mental em MS
Política
Simone Tebet disse que Previdência deve levar 60 dias no Senado
Política
Em seminário no Uruguai Nelsinho Trad discute Rota Bioceânica
Política
Odilon Junior diz que pai quer “apenas respirar outros ares”
Política
Reinaldo Azambuja tem êxito na integração com o Paraguai
Política
Para líderes, Weintraub é o pior ministro e Tereza Cristina a melhor
Política
MS tem “plano b”, se nova previdência excluir estados
Política
Ignorados pelo PSL, David e Ovando tem boa atuação parlamentar

Mais Lidas

Polícia
Família encontra adolescente que estava desaparecida
Polícia
Homem é morto a tiros dentro de casa enquanto fumava narguilé
Educação
Desligamento de professores da educação especial preocupa pais
Geral
Sem a OAB sociedade fica desprotegida, diz Mansour Karmouche