Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Política

Proposta do Capitão Contar de Escola Bilíngue para Surdos é rejeitada

Foram 15 votos contrários à proposta

03 outubro 2019 - 17h57Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Projeto de Lei 125/2019, do deputado estadual, Capitão Contar que dispõe sobre Escolas bilíngues para surdos no Estado foi rejeitada na sessão desta quinta-feira (3), na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, por 15 votos contrários.

O deputado acredita que tal atitude afeta a inclusão e, consequentemente, a oportunidade de um futuro melhor para as crianças do Estado. “É um retrocesso para MS. São muitas crianças que perderão a oportunidade de ter uma educação decente que proporcione um futuro melhor para ela. Todos temos direito à inclusão. Nas campanhas políticas todos dizem que as crianças são o futuro do Brasil, mas parece que essas crianças com deficiência não fazem parte do país”, explica o parlamentar.

Capitão Contar reforça que com a reprovação desta importante iniciativa, Mato Grosso do Sul vai na contramão de uma tendência nacional encabeçada pela primeira-dama, Michele Bolsonaro e pelo próprio presidente da República, Jair Bolsonaro.

Durante a análise do mérito, todos os parlamentares votaram a favor dos pareceres da proposta de lei.

No dia 26 setembro, Dia Nacional dos Surdos, Capitão Contar chegou a usar a tribuna da Casa de Leis para falar sobre esta data e lembrar da PL 125\2019 que poderia ajudar na inclusão dos surdos no Estado. Na ocasião, todos os parlamentares se emocionaram e falaram da importância da inclusão social e da acessibilidade.

Conheça a proposta do deputado Capitão Contar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Nelsinho define estratégias para lançar “nomes competitivos” na capital e interior
Política
Fábio critica corte de verbas na fronteira e cobra vinda de Moro a MS
Política
Bolsonaro desponta em pesquisa e fica 12% a frente de Lula
Política
Nelsinho tenta liberar R$ 600 mi em financiamento para MS
Política
Coronel David classifica como grave a situação na fronteira
Política
Ministério Público denuncia Glenn Greenwald por ligação com hackers
Política
Prazo para regularização do título termina em maio
Política
Bolsonaro sanciona LOA de 2020
Política
Bolsonaro anuncia aumento de 12% no salário do professor do ensino básico
Política
Após declarações nazistas, Bolsonaro exonera Roberto Alvim

Mais Lidas

Oportunidade
JBS abre 150 vagas em Dourados
Esportes
Prefeitura abre seletiva para projeto de ginástica rítmica
Geral
UEMS suspende divulgação do resultado SISU 2020 temporariamente
Saúde
Prefeitura orienta empresas para evitar foco de dengue em obras públicas