Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Política

PSDB quer recompor frente para disputar prefeitura da capital

03 junho 2011 - 19h44Divukgação

A alta cúpula do PSDB em Mato Grosso do Sul se movimenta na tentativa de impedir eventuais candidaturas já anunciadas pelo DEM e pelo PPS à prefeitura de Campo Grande em 2012.

A saída na instância municipal seria a reedição do BDR (Bloco Democrático Reformista) com o qual as três legendas caminharam juntas nas eleições do ano passado à presidência da República.

O anúncio sobre a possibilidade de se manter essa frente partidária no próximo pleito foi feito na manhã desta sexta-feira pelo presidente regional do PSDB, deputado feeral Reinado Azambuja.

O maior temor da cúpula tucana é que DEM e PPS mantenham a ideia de candidatura própria na capital, o que, segundo analistas, poderia dificultar os planos do PSDB que almeja fazer o sucessor do prefeito Nelsinho Trad (PMDB), ano que vem.

Há dias, as direções do DEM e do PPS apontaram respectivamente como possíveis candidatos à sucessão municipal os nomes do deputado federal Luiz Henrique Mandeta e do vereador Athayde Nery, presidentes regionais dos dois partidos.

Para analistas, a ideia de candidatura isolada do DEM e do PPS teria saído da cabeça do governador André Puccinelli (PMDB) como forma de neutralizar o PSDB, que tem como eventual candidato o nome do próprio Azambuja.

Outra alternativa dos tucanos para enfrentar o PMDB nas eleições muncipais do ano que vem seria indicar o nome da senadora Marisa Serrano, que deve recuar devido ao seu interesse em disputar com o deputado estadual Antonio Carlos Arroyo (PR) uma vaga no TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Hoje aliados dos peemedeistas nos planos municipal e estadual, o PSDB se diz disposto a enfrentar o deputado federal Edson Giroto (PR), que teria a preferência de Puccinell ou, no caso, um representante do PMDB, dividido entre o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico, Edil Albquerque, o secretário de Habitacão e deputado estadual licenciado Carlos Marun, e o presidente da Câmara de Vereadores da capital, Paulo Siufi.

O presidente da executiva regional do PSDB assegura que já conversou sobre a reativação do bloco tanto com Mandeta quanto com Athayde.

Em entrevista à imprensa, Azambuja adiantou que o PSDB encomendou a realização de pesquisas qualitativas e quantitativas a fim de sondar a melhor opção em reais condições de enfrentar as urnas em 2012.

O deputado, que em outras oportunidades se manifestou interessado em postular o cargo de prefeito, garantiu, desta vez, que nada está definido em relação ao candidato tucano, lembrando ainda que as pesquisas encomendadas pela cúpula do PSDB devem apontar outros eventuais nomes à sucessão de Nelsinho Trad.

Com informações do Conjuntura online.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Acesso livre à internet em órgãos públicos municipais agora é lei
Política
Bolsonaro diz ter “total confiança” em Guedes e afirma que o ministro irá continuar
Política
Saúde e segurança da Capital prontos para possível vendaval
Política
Pesquisa mostra intenção de votos e rejeição para eleição suplementar em Bandeirantes
Política
Simone e Fábio recebem prêmio em Brasília
Política
Quebra do teto de gastos faz equipe de Paulo Guedes se demitir
Política
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência
Política
Ministro anuncia novo Bolsa Família de R$ 400 a partir do próximo mês
Política
Veja a lista dos indiciados pela CPI da Pandemia
Política
MS terá CNH social

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge