Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Renan critica voto aberto

O senador alagoano quer voto secreto para a presidência do Senado

02 fevereiro 2019 - 13h32Da redação com informações da Agência Brasil

Candidato do MDB à presidência do Senado, o senador alagoano Renan Calheiros classificou como uma "maluquice" a proposta de um grupo de senadores de que a eleição para a escolha da próxima Mesa Diretora da Casa seja feita com votação aberta, ou seja, com cada parlamentar tornando público o candidato em quem votou.

“Uma maioria ter que se humilhar, judicializando uma eleição que ela ganharia porque uns malucos queriam abrir o voto”, disse Calheiros, referindo-se ao pedido que parte dos senadores de seu próprio partido e do Solidariedade apresentaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para reverter o resultado da votação de ontem (1º), na qual a votação aberta foi aprovada por 50 votos a 2 – com uma abstenção e 28 senadores deixando de votar.

O pedido foi julgado pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que decretou que a votação deve ser secreta. Em sua decisão, Toffoli afirmou que a votação secreta para as eleições internas nas casas legislativas podem ser observadas em distintos parlamentos do mundo. Argumento usado, hoje, por Calheiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Após polêmica envolvendo seu nome, Levy pede demissão da presidência do BNDES
Política
Parecer da reforma da Previdência é bem recebido pelo mercado financeiro
Política
Nelsinho Trad é eleito presidente do PSD-MS
Política
“Governo é uma usina de crises", diz Rodrigo Maia
Política
Cabo Almi acredita em soltura de Lula e cancelamento da sentença
Política
Bolsonaro demitirá presidente dos Correios
Política
PSD discute planos para 2020 neste sábado
Política
Bolsonaro critica decisão do Senado de parar decreto de armas
Política
STF criminalizará homofobia como forma de racismo
Política
Santos Cruz cai e será substituído por outro general

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil