Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Política

Sem convencer corregedoria sobre corrupção, Rigo volta à Assembléia

03 novembro 2010 - 15h54Divulgação/AL
Depois de 25 dias em licença médica, o deputado estadual Ary Rigo (PSDB) retornou aos trabalhos legislativos nesta quarta-feira (3). A sessão plenária da Assembleia Legislativa foi presidida por Maurício Picarelli (PMDB), corregedor da Casa e responsável por indicar se houve quebra de decoro parlamentar por parte de Rigo. O primeiro-secretário da Casa foi flagrado em vídeo durante investigação da Polícia Federal explicando como funcionaria suposto esquema de distribuição de dinheiro público para membros dos três poderes e do MPE de Mato Grosso do Sul. Para o corregedor, a defesa prévia apresentada pelo tucano não foi suficiente para esclarecer as afirmações feitas nas gravações autorizadas pela Justiça. Durante a sessão, que durou pouco mais de meia hora, Ary Rigo leu documentos e saiu sem falar com a imprensa. Picarelli informou que já entregou o parecer do caso ao presidente da AL, Jerson Domingos (PMDB), que deve agora notificar Rigo para audiência em uma Comissão de Ética ainda a ser formada. A Mesa Diretora deve nomear a comissão para averiguar o teor das denúncias e constatar possíveis quebras de decoro parlamentar. As bancadas parlamentares terão de indicar membros para formar a comissão, que ainda não tem prazo para entrar em funcionamento. No vídeo que circulou na Internet em 21 de setembro e repercutiu na imprensa nacional, Ary Rigo aparece revelando um suposto esquema de repasse de dinheiro da Assembleia Legislativa. O parlamentar menciona a existência de uma partilha de dinheiro envolvendo governo do Estado, Ministério Público e Poder Judiciário. Rigo conta ainda que os parlamentares da Assembleia já chegaram a receber R$ 120 mil por mês e agora têm de "se contentar" com R$ 42 mil. Fonte: Midia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Solidariedade faz convenção dia 26
Política
Coronel David solicita agilidade na pavimentação das ruas do Nova Campo Grande
Política
Universidades tem orçamentos descontingenciados
Política
Vereadores querem mais investimentos na infraestrutura da capital
Política
Joice perde a liderança do governo no Congresso para o MDB
Política
BR-262 receberá investimentos de R$ 22 mi do Ministério da Infraestrutura
Política
Grupo argentino investirá R$ 120 mi em porto de Murtinho
Política
Juiz entende que MPF adulterou diálogos de Temer e Joesley e absolve ex-presidente
Política
Senado aprova indicação de Carlos Ceglia para embaixada na Turquia
Política
MS define áreas que receberão as emendas de 2020 que totalizam R$ 247,6 mi

Mais Lidas

Justiça
Name já driblou a Justiça alegando problemas de saúde
Internacional
Mulher mata e esquarteja amigo que teria matado seu gato
Brasil
Vídeo - Câmeras mostram funcionário quebrando coluna de prédio antes de desabar
Geral
Prefeitura abre processo seletivo para entrevistador social