Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Política

Senado aprova indicação de Carlos Ceglia para embaixada na Turquia

Diplomata também é embaixador do Brasil na Malásia

16 outubro 2019 - 18h12Sarah Chaves, com informações da Agência Senado

O diplomata Carlos Ricardo Martins Ceglia teve sua indicação para o cargo de embaixador do Brasil na Turquia aprovado nesta quarta-feira (16), pelo Senado Federal, com 45 votos favoráveis, um contrário e duas abstenções.

O diplomata foi sabatinado na Comissão de Relações Exteriores (CRE) no último dia 10 de outubro. Aos senadores, ele explicou que o mercado turco tem presença marcante de empresas brasileiras, e essa atuação pode ser incrementada nos próximos anos.

Segundo Carlos há uma capilaridade muito boa de empresas brasileiras no país do Oriente Médio. “Metalfrio, Votorantim, Cutrale, BRF, Ambev, Antarctica, Nitro Química e Elekeiroz, entre outras, já são responsáveis por um estoque de investimentos que passou de U$ 1,2 bilhão [quase R$ 5 bilhões”, revelou durante a sabatina.

Outra vantagem para o Brasil nas relações com a Turquia, segundo o diplomata, são os superávits comerciais estruturais. Entre 2016 e 2018, as trocas bilaterais saltaram de U$ 2,2 bilhões para U$ 3 bilhões, e o superávit brasileiro chegou a U$ 2,3 bilhões no ano passado.

Turquia

Brasil e Turquia têm relações desde a época imperial no Brasil e o Império Otomano. Em 2017, as exportações brasileiras alcançaram US$ 1,82 bilhões e as importações brasileiras US$ 468 milhões. Entre 2017 e 2018 houve aumento do fluxo de comércio entre os dois países que passou de US$ 1,3 bilhões para US$ 1,8 bilhões, principalmente devido ao aumento das exportações brasileiras. Foi o maior fluxo bilateral histórico entre os países.

Carlos

Carlos Ceglia graduou-se em Ciências Políticas pelo Institut d’Etudes Politiques, em Toulouse, França, em 1980. Ingressou na carreira diplomática em 1984. Entre os cargos que exerceu na carreira, destacam-se o de conselheiro nas embaixadas de Bogotá (2000 a 2003) e Túnis (2003 a 2005) e o de diretor do Departamento do Oriente Médio (2011 a 2015). Atualmente é embaixador do Brasil na Malásia e em Brunei Darussalam.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Política
Na assembleia, Coronel David lamenta morte de PM
Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
Política
Câmara aprova adicional de 40% a trabalhadores do combate ao coronavírus
Política
Paulo Corrêa testa positivo para coronavírus
Política
Dourados fecha bares e academias por dez dias
Política
“Vírus é muito letal ao sistema de saúde”, alerta Mandetta em audiência na capital
Política
Senado aprova indenização a profissional de saúde afetado pela covid-19
Política
Em encontro com Maia, Entregadores de aplicativos pedem direitos e anunciam paralisação dia 25

Mais Lidas

Saúde
AO VIVO – Atualização de casos de coronavírus no MS
Brasil
Estudante picado por naja pode sair da UTI amanhã
Educação
Inep divulga documento sobre proficiência em língua portuguesa
Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas