Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Política

TRE diz que reforma política é o fim do voto secreto

11 dezembro 2010 - 09h16
Na cerimônia de diplomação dos eleitos, o presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, Luiz Carlos Santini, afirmou diante da bancada federal que o projeto de reforma eleitoral, como está hoje, é um retrocesso, que irá acabar com a segurança do sistema de votação. Segundo o presidente do TRE, existem dois grandes problemas: as possibilidades da identificação do voto e de o eleitor votar mais de uma vez. “É a volta do coronelismo”, afirmou. “Não haverá qualquer segurança e sigilo do voto”. Ao votar, a urna eletrônica, de acordo com a proposta, passará a emitir um comprovante, com uma numeração. Para Santini, o número poderá ser usado para identificar o voto. Além disso, a urna passará a ser “aberta”, ou seja, a votação não será mais liberada pelo mesário por meio da digitação do número do título de eleitor. Isso, no entendimento dos tribunais eleitorais, permitirá que um mesmo eleitor vote quantas vezes quiser. “Voltamos a 1930. Não será possível afirmar que o voto é livre e secreto. Repito: voltaremos aos anos anteriores a 1930. Os erros dessa suposta reforma política fazem com que uma pessoa possa votar mais de uma vez”, disse. As declarações vieram após elogios do próprio presidente à urna eletrônica e ao sistema de votação atual. Nas eleições deste ano foram usadas mais de 5.000 urnas em Mato Grosso do Sul. Mais de 20 mil mesários trabalharam e o custo do voto para a Justiça Eleitoral foi de R$ 2,88, um valor considerado “baixíssimo” por Santini. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Planalto informa à Polícia Federal que Moro não assinou exoneração de Valeixo
Política
Guilherme Monteiro lidera em Jardim, diz pesquisa Ranking
Política
"Nenhum indício de interferência na Polícia Federal", diz Bolsonaro sobre vídeo
Política
“Respiro econômico”, diz David sobre suspensão de reajuste na energia até 2021
Política
Em vídeo, Bolsonaro pede que “povo se arme para evitar ditadura de governadores”
Política
AO VIVO - Vídeo de reunião com Bolsonaro e Moro
Política
Celso de Mello divulgará vídeo de reunião, mas exclui falas sobre China e Paraguai
Política
Eleições pode ser adiada para 15 de novembro ou 6 de dezembro, diz Maia
Política
PSL lança Vinícius Siqueira como pré-candidato a prefeitura da capital
Política
Em reunião, Bolsonaro diz a Reinaldo que socorrerá estados

Mais Lidas

Polícia
PM “mete bala” e impede suicídio
Opinião
UM ANTICLINAL
Política
Planalto informa à Polícia Federal que Moro não assinou exoneração de Valeixo
Economia
Prefeitura da capital abre inscrições para feira online de artesanatos