Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Política

TRE diz que reforma política é o fim do voto secreto

11 dezembro 2010 - 09h16
Na cerimônia de diplomação dos eleitos, o presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, Luiz Carlos Santini, afirmou diante da bancada federal que o projeto de reforma eleitoral, como está hoje, é um retrocesso, que irá acabar com a segurança do sistema de votação. Segundo o presidente do TRE, existem dois grandes problemas: as possibilidades da identificação do voto e de o eleitor votar mais de uma vez. “É a volta do coronelismo”, afirmou. “Não haverá qualquer segurança e sigilo do voto”. Ao votar, a urna eletrônica, de acordo com a proposta, passará a emitir um comprovante, com uma numeração. Para Santini, o número poderá ser usado para identificar o voto. Além disso, a urna passará a ser “aberta”, ou seja, a votação não será mais liberada pelo mesário por meio da digitação do número do título de eleitor. Isso, no entendimento dos tribunais eleitorais, permitirá que um mesmo eleitor vote quantas vezes quiser. “Voltamos a 1930. Não será possível afirmar que o voto é livre e secreto. Repito: voltaremos aos anos anteriores a 1930. Os erros dessa suposta reforma política fazem com que uma pessoa possa votar mais de uma vez”, disse. As declarações vieram após elogios do próprio presidente à urna eletrônica e ao sistema de votação atual. Nas eleições deste ano foram usadas mais de 5.000 urnas em Mato Grosso do Sul. Mais de 20 mil mesários trabalharam e o custo do voto para a Justiça Eleitoral foi de R$ 2,88, um valor considerado “baixíssimo” por Santini. Fonte: CG News
Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Fábio Trad é reconduzido à coordenação do PSD na CCJC
Política
Jamilson Name quer corte de ICMS para setor alimentício
Política
Reinaldo promete apoio à reeleição de Marquinhos
Política
Governo entrega PDV a deputados
Política
Maia defende diálogo para aprovar reforma da Previdência
Política
Bolsonaro destaca potencial econômico do Brasil e quer ampliar parceria com EUA
Política
Turistas dos EUA, Austrália, Canadá e Japão poderão entrar no Brasil sem visto
Cidade
Problemas da capital serão discutido em seminário no próximo sábado
Política
Maia diz que é viável aprovar reforma da Previdência no primeiro semestre
Política
Substituição da prisão preventiva por domiciliar para lactantes está na pauta do Plenário

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira