Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Saúde

Após vencer a morte, Felipe precisa de doação para tratamento de tumor

O garoto de 11 anos possui um tumor em um local perigoso do cérebro

09 julho 2020 - 10h32Gabriel Neves

Felipe de Oliveira, 11 anos, é uma criança que como qualquer outra gosta de jogar vídeo-game, ler e está aprendendo a tocar violão, mas o que difere ele dos outros garotos de sua idade é uma batalha trava contra um tumor, e como um herói de cinema já mostrou que, mesmo nos momentos mais difíceis, o impossível não existe.

Ele foi diagnosticado no inicio deste ano com Craniofaringioma, um tumor no cérebro que apesar de benigno é localizado em um local perigoso. Desde o diagnostico até agora, Felipe já passou por três cirurgias na cabeça e infelizmente algumas complicações.

Na primeira, a equipe médica colocou uma câmera no cérebro de Felipe, mas por conta de uma intercorrência ele precisou ser internado e ficou 32 dias entre leitos de UTI e quartos de enfermaria.

Durante esse período internado, ele teve um sangramento na cabeça e foi preciso utilizar um dreno para retirar o sangue. Na terceira cirurgia os médicos colocaram uma válvula dentro de sua cabeça, pois devido ao tumor ele teve hidrocefalia.

A família contou que no dia 27 de fevereiro Felipe se mostrou um verdadeiro lutador, contrariando todas as expectativas médicas. Isso porque nesta data o médico informou à família que eles deveriam se despedir do garoto, pois não havia mais nada que pudesse ser feito após as complicações na cirurgia.

Mesmo com chances mínimas, Felipe conseguiu se recuperar e saiu do hospital sem nenhuma sequela, algo considerado quase impossível pela equipe médica.

Patrícia Marques, prima de Felipe, contou que durante as cirurgias, os médicos foram retirando “pedaços” do tumor, e ele poderá se livrar totalmente desse mal aos 15 anos. O grane problema é que toda essa história protagonizada por Felipe gerou um custo para a família.

Hoje eles possuem uma dívida de R$ 15 mil para pagar todas as cirurgias e internações de Felipe, sem o dinheiro em mãos eles decidiram realizar uma vaquinha online, onde qualquer pessoa no mundo pode doar a quantia que quiser ou puder, desde centavos até centenas de reais.

Até o momento a vaquinha online já arrecadou R$ 2.735,00, pessoas que puderem ajudar, com qualquer valor, bastam clicar neste link. No site da doação é possível ver a meta, quanto já foi arrecadado e quantas pessoas já doaram.

Além disso a família está vendendo uma rifa no valor de R$ 50,00 para que as pessoa concorram a 60 quilos de carne, 45 quilos bovino e 15 quilos de linguiça caseira, ainda não existe uma data especifica para o sorteio, mas a prima de Felipe, quem está organizando a rifa, informou que qualquer pessoa pode entrar em contato pelo número 99164-2032 para comprar as rifas ou saber como o sorteio funcionará.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
A confusão de sempre - Outra pesquisa diz que transporte público é seguro
Saúde
Médico diz que aulas devem esperar
Saúde
Santa Casa realiza cirurgia rara e corrige anomalia de recém-nascido
Saúde
Prefeitura ativa 10 novos leitos de UTI no Hospital do Pênfigo
Saúde
Coronavírus: mais 14 morrem e 395 são infectadas em MS
Saúde
Pesquisa mostra transporte público como alto risco para coronavírus
Saúde
Saiba onde pediatras e clínicos atenderão nesta segunda na capital
Saúde
Vídeo: Recém-nascido recebe alta após superar coronavírus em MS
Saúde
Coronavírus: Com 441 novos casos, capital já registra 12.934 infectados
Saúde
UPAs terão 16 pediatras atendendo pela manhã e a tarde, veja onde encontrá-los

Mais Lidas

Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde
Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus