Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Saúde

Capital terá cinco pediatras atendendo em uma UPA nesta manhã

Confira a escala completa de atendimento em Campo Grande

15 janeiro 2020 - 08h11Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

Cinco médicos pediatras e 33 clínicos gerais atenderão nesta manhã de quarta-feira (15) em Campo Grande.

Dos pediatras, cinco profissionais atenderão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Almeida. Ainda pela manhã, 33 clínicos atenderão em todas as unidades de saúde que compõem a escala.

Já no período da tarde, as mesmas duas UPA e mais a UPA Universitário atenderão com 14 médicos pediatras.

O número de médicos atendendo crianças só aumenta à noite, com cinco UPAs e dois Centros Regionais de Saúde (CRS). São elas: Coronel Antonino, Vila Almeida, Universitário, Moreninhas, Leblon, CRS Nova Bahia e CRS Tiradentes.

Para o público adulto, clínico geral, o atendimento é completo nos três períodos do dia em todas as UPAs e CRS.

Confira a escala completa: 


Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Polo de atendimento contra a covid no Parque Ayrton Senna é fechado
Saúde
Idosa diagnosticada com covid-19 tem parada cardiorrespiratória e morre no Nova Lima
Saúde
MS passa dos 1.300 óbitos por coronavírus
Saúde
Confira a escala de atendimento infantil nas UPAs e CRSs nesta quarta
Saúde
Preocupados com a proximidade do feriado, SES alerta que a Covid não está controlada
Saúde
MS registra mais 638 casos e 15 mortes pelo coronavírus
Saúde
Veja a escala de médicos e pediatras nas unidades de saúde nesta terça
Saúde
“Rastrear” é aposta para barrar o avanço do coronavírus em MS
Saúde
Campo Grande passa dos 30 mil casos de coronavírus
Saúde
MS já tem 1.263 óbitos por coronavírus, mas já chega a quase 60 mil curados

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro