Menu
Busca quinta, 19 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Camara Maio22
Saúde

Covid: Saúde anuncia D3 da vacina a todos acima de 18 anos

"Há doses suficientes [no país]", disse Marcelo Queiroga; MS já autorizou municípios aplicarem dose reforço a partir desta terça

16 novembro 2021 - 11h40Matheus Rondon

Nesta terça-feira (16), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o governo vai aplicar uma dose de reforço da vacina de covid-19 para toda a população acima de 18 anos. A aplicação será para quem tomou a segunda dose há mais de cinco meses. Segundo Queiroga, há "doses de vacinas suficientes" para abastecer as 38 mil unidades básicas de saúde do País.

O Brasil tem 125,5 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid, ou 58,87% da população, segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa. Inicialmente, a dose de reforço estava sendo aplicada a adultos acima de 60 anos que haviam tomado a última vacina há seis meses. O intervalo de aplicação, portanto, diminuiu e o público foi ampliado.

Ao todo, 10,7 milhões em pessoas acima de 60 anos e trabalhadores de saúde já receberam essa dose de reforço. Pelas contas do Ministério da Saúde, outras12,4 milhões estão aptas a receber mais uma aplicação ainda neste mês.

"Tínhamos autorizado essa dose de reforço, dose adicional, em todos aqueles que tinham tomado a segunda dose há mais de seis meses e que tivessem 60 anos", afirmou o ministro.

A intenção da pasta é aplicar o reforço em 102 milhões de pessoas até maio. A faixa da população de 35 a 39 anos é a que tem mais gente: 10,7 milhões. Segundo Rosana Leite de Melo, secretária de Enfrentamento à Covid, a ideia é que até o meio do ano que vem todos acima de 18 anos tenham recebido a dose extra. "Dependendo do aprazamento, até por volta de junho, julho, alguém ainda irá necessitar de uma dose de reforço." 

Mato Grosso do Sul - 

Após o anúncio feito pelo Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) autorizou os municípios a aplicarem a partir desta terça-feira (16) a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em todos com idade acima de 18 anos, que completaram o esquema vacinal há 4 meses. 

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, enfatizou que a aplicação da dose de reforço é importante para a continuidade do combate à pandemia de Covid-19. “A dose de reforço tem como objetivo amplificar a resposta imune de quem já completou o esquema vacinal. É de extrema importância que a população compareça para tomar a sua dose de reforço”, completou.

Segundo o levantamento realizado pela SES, com base no Vacinômetro MS, Mato Grosso do Sul registrou o percentual de 96,48% de vacinados com a primeira dose de vacina e 85,16% da população a partir de 18 anos imunizada com duas doses ou dose única.

Campo Grande - 

Em Campo Grande, o secretário municipal de saúde, José Mauro, disse que a aceitação da terceira dose tem sido boa, pelos perfis abertos [aptos a tomar a D3] o volume é de aproximadamente 50% da população. No entanto, José Mauro explica que não significa que os outros 50% está atrasado. “Não significa atraso, porque não se olha só pela idade e grupo prioritário, mas também tem o aprazamento de uma dose a outra”, esclareceu.

Mauro ainda expõe que, mesmo não obrigando, a secretaria de saúde (Sesau) tem se empenhado em campanhas para levar a vacina à população de Campo Grande. “Temos feito o itinerante, encaminhando WhatsApp para irem se vacinar, além de deixar a vacina sempre disponível nos postos”, finalizou.

Energisa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Três UPAs contam com pediatras atendendo durante o dia na Capital
Saúde
Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo
Saúde
Vacinação contra Covid-19 para todos os públicos vai até às 16h45
Saúde
UPAs e CRSs terão atendimento clínico o dia todo nesta terça-feira
Saúde
Casos de dengue sobem 40% em todo o país
Saúde
Ministério da Saúde adiciona covid-19 à lista de notificação obrigatória
Saúde
Veja o quadro de plantão de atendimento das UPAs e CRS mais próximos
Saúde
Novo alerta: MS investiga duas suspeitas de hepatite aguda de causa desconhecida
Saúde
Anvisa lança campanha sobre prevenção à infecção hospitalar
Saúde
UPAs têm plantão de pediatras reduzido; veja onde encontrar atendimento

Mais Lidas

Polícia
Detento é encontrado morto em cela no presídio da Gameleira
Política
Luiz Renato é o novo secretário de Fazenda de MS
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Interior
Furioso, marido morde e arranca parte de orelha de esposa