Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Saúde

Entidades do MS se reúnem para discutir doenças que ameaçam a saúde pública

Encontro organizado pela SES acontece nesta semana com participação de todos os municípios do Estado

16 fevereiro 2020 - 14h25Sarah Chaves, com informações da assessoria

As Equipes do Sistema Único de Saúde (SUS) se reuniram nesta segunda-feira (17) e terça-feira (18) o Encontro Estadual de Vigilância em Saúde em Campo Grande, com participação de todos os municípios para discutir o enfrentamento a dengue, influenza (gripe), coronavírus, tuberculose, hanseníase, infecções sexualmente transmissíveis, entre outras, com a presença do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.

“Ter compromisso e ética em saúde pública é a missão dos gestores e profissionais que trabalham no Sistema Único de Saúde (SUS). O Encontro vai fornecer ferramentas importantes e indispensáveis para o cumprimento desse papel”, sentencia o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

O evento é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Ministério da Saúde. Terá palestras, oficinas de treinamento e capacitação, minicursos e debates com especialistas e profissionais da área de saúde. O encontro acontecerá, simultaneamente, em cinco salas do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo na Av. Waldir dos Santos Pereira, s/n – Parque dos Poderes, Campo Grande – MS.

No Encontro Estadual, às 10h00 do dia 17 fará a entrega de 52 Monitores Multiparamétricos e 28 Desfibriladores/Cardioversores à Secretaria Estadual de Saúde. Esses equipamentos, além de dezenas de caixas cirúrgicas, serão entregues pelo secretário estadual de Saúde Geraldo Resende a prefeitos e secretário municipais de Saúde de  57 cidades.

Ainda na segunda-feira acontecerá a assinatura do Termo de Cooperação entre Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde e Secretaria de Saúde de Campo Grande no Projeto Wolbacchia, que terá sua biofábrica instalada na sede do LACEN (Laboratório Central) estadual. Também acontecerá a assinatura do Termo de adesão do município de Campo Grande ao projeto estadual e-Visita Endemias, com distribuição (simbólica) de cinco aparelhos celulares para o monitoramento dos criadouros de mosquitos, sendo que, no total, Campo Grande receberá 600 aparelhos.

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Construtora HVM reinicia obras e coloca em risco saúde de trabalhadores
Saúde
Cantor Mariano está com coronavírus
Saúde
Dos 44 casos de coronavírus em MS, seis são idosos
Saúde
Terça-feira começa com 16 pediatras e 47 clínicos atendendo na capital
Saúde
Coronavírus - Bataguassu realiza higienização das ruas com cloro
Saúde
HR publica plano de enfrentamento à pandemia
Saúde
MS tem mais oito casos confirmados de coronavírus
Saúde
Coronavírus - Capital lança sistema para atendimento por telefone
Saúde
Apenas uma região da capital não registra infectados pelo coronavírus
Saúde
Após receber doação, Procon entrega ao Corpo de Bombeiros álcool em gel

Mais Lidas

Geral
Moro autoriza uso da Força Nacional para apoiar Ministério da Saúde
Política
Empresários voltam as ruas para reabrir comércio da capital
Economia
Auxílio emergencial ainda não está disponível para saque
Polícia
Homem mata travesti que estaria possuída pela “Pomba Gira”