Menu
Busca quinta, 11 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
TJMS Agosto 22
Saúde

Nelsinho quer que senado debata carnaval 2022

Senador tem preocupação sobre o evento e quer senadores ouvindo especialistas

26 novembro 2021 - 16h41Méri Oliveira, com assessoria

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), médico, o primeiro parlamentar brasileiro a enfrentar a covid e as consequências da doença, protocolou requerimento no Senado Federal para que a Casa debata com especialistas, autoridades da saúde e gestores municipais e estaduais, medidas de segurança sanitária para o carnaval 2022.

O documento foi entregue na última terça-feira à Secretaria Geral da Mesa. Hoje, A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nota técnica recomendando que o governo brasileiro adote medidas de restrições para voos e viajantes vindos de parte da África, em decorrência da identificação de nova variante do SARS-CoV-2, identificada como B.1.1.529. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, no último dia 4, que o ritmo atual de transmissão do coronavírus na Europa é muito preocupante e pode causar mais meio milhão de mortes no continente até fevereiro.

"Ainda segundo a OMS, a Europa está de novo no epicentro da pandemia com, em média 250 mil novos casos e 3.600 óbitos. Até em Portugal, onde a população total vacinada representa 87%, o governo cogita novas medidas de segurança. Há ainda a preocupação com novas variantes e o Brasil é prova disso", alerta o senador, relembrando o que ocorreu no caso da variante gama. 

A partir das estatísticas, o senador Nelsinho Trad também pontua: "o trânsito internacional, agora, gradativamente retomado, implicará novos impactos epidemiológicos, principalmente nos eventos de massa. Com a atual situação da pandemia, a pergunta central do debate que propomos é: o nosso país está preparado para abertura das festas de carnaval?"

A Sessão de Debates Temáticos será agendada pela Secretaria Geral da Mesa do Senado Federal, após a aprovação do requerimento. Para o debate, serão convidados: representantes do Ministério da Saúde; da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), entre outros órgãos e instituições.

Também será chamado para a sessão o  médico sanitarista e professor da Faculdade de Saúde Pública da USP e da Fundação Getúlio, Gonzalo Vecina Neto. "A sociedade precisa saber se cidades e estados brasileiros reúnem condições adequadas para realizar as festas de carnaval com segurança e quais medidas estão sendo planejadas nas políticas de controle sanitário, incluindo a saúde do viajante", justificou o senador Nelsinho Trad.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Na escala desta quinta-feira, 50 clínicos atendem pela manhã
Cidade
Campo Grande irá lançar estratégia inédita no combate ao Aedes aegypti
Saúde
Quarta-feira conta com escala médica completa em três unidades
Saúde
OMS estuda mudar nome da varíola dos macacos após ataques a animais
Saúde
China identifica novo vírus em humanos e emite alerta
Saúde
Governo determina nível máximo de alerta para varíola dos macacos
Saúde
Boletim Epidemiológico registra 3 mortes a cada 24 horas pela Covid no MS
Saúde
Acompanhe o crescimento de casos de varíola dos macacos no Brasil
Saúde
Vacina da influenza também entra na campanha multivacinal
Saúde
Confira a escala médica de plantão nesta terça-feira

Mais Lidas

Polícia
Menino mata padrasto a tiros, joga corpo no rio e foge com a 'namorada' de 11 anos
Política
PSD terá mais três partidos coligados
Comportamento
JD1TV: Após três anos, Festival do Sobá volta 'com tudo' amanhã
Polícia
Fisioterapeuta para na delegacia por fazer procedimentos estéticos na Capital