Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Aguas setembro-19
Saúde

Palestra sobre células-troncos e dentes de leite ocorrerá na ABO-MS

O evento acontece dia 20 de agosto, a partir das 19h30 para cirurgiões-dentistas e médicos

16 agosto 2019 - 12h15Priscilla Porangaba, com informações da ABO-MS

A Associação Brasileira de Odontologia seção Mato Grosso do Sul (ABO-MS) realizará o primeiro encontro do “3º Ciclo de Palestras Gratuitas” no dia 20 de agosto em Campo Grande.

O cirurgião-dentista dr. José Ricardo Muniz Ferreira, cientista e investidor da R-Crio Criogenia S.A, abordará a partir das 19h30 sobre as possibilidades que o armazenamento das células-tronco da polpa dental pode trazer. 

O diretor da ABO-MS, Carlos Magno de Oliveira Rodrigues, explicou a importância da palestra, que mostrará como as células-tronco retiradas "do nervo, da polpa do dente" serão usadas em tratamentos diversos, explicando o porquê da participação de médicos, além dos cirurgiões-dentistas. "Essas células, são mais versáteis do que as colhidas no cordão umbilical. Existem muitas pesquisas em andamento sobre sua utilização na busca da cura de doenças como Diabetes, Alzheimer e Autismo", explicou.

O evento é destinado a cirurgiões-dentistas e médicos, e para participar é necessário confirmar a presença, pois as vagas serão limitadas.

Os interessados deverão confirmar pelos telefones (67) 3383-3842,  (67) 99212-8088, o auditório da ABO-MS está localizado na Rua da Liberdade, 836, Monte Líbano.

Entenda o que será ministrado no encontro

A partir das células-tronco mesenquimais é possível uma reprogramação celular capaz de auxiliar na regeneração de diversos tipos de tecidos e órgãos, tais como: pele, células beta (pâncreas), cartilagem, tecido nervoso e adiposo, ossos, tecido cardíaco, fígado, dentes e músculos.

Além disso, surgem possibilidades de tratamentos inovadores para doenças hoje consideradas incuráveis como Alzheimer, Autismo, Diabetes e até Câncer.

Dr. José Ricardo Muniz Ferreira estudou e aprimorou a técnica de extração, armazenamento e cultivo dessas células, com o objetivo de garantir e entregar células-tronco viáveis para que sejam utilizadas em quaisquer terapias. Para a garantia de que elas estarão íntegras e com a capacidade máxima preservada para desempenharem as funções para as quais serão exigidas.

As células do dente são especiais, elas possuem grande potencial de multiplicação e se transformam em qualquer célula do corpo humano. “Um verdadeiro tesouro: células-tronco jovens e de alta versatilidade”, garante Dr. José Ricardo.

O laboratório acompanha e monitora todo o processo, desde o momento da extração do dente, feita no consultório odontológico, até a chegada desse material ao laboratório.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Sexta-feira começa com dez pediatras e 35 clínicos atendendo
Saúde
Quinta-feira começa com dez pediatras atendendo pela manhã
Saúde
Nesta manhã de quarta-feira, 11 pediatras e 42 clínicos atendem
Saúde
Nesta manhã dez pediatras e 47 clínicos atendem na capital
Saúde
Segunda-feira começa com 42 clínicos e dez pediatras atendendo
Saúde
Campanha Setembro Laranja alerta para a obesidade infantil
Saúde
Varizes não afetam só mulheres, alerta estudo
Saúde
Cinco pessoas morrem a cada minuto por erro médico, diz OMS
Saúde
Duas UPAs atendem com dez pediatras nesta manhã
Saúde
Nove pediatras atendem nesta manhã de quinta-feira

Mais Lidas

Polícia
Para fazer ex-mulher sofrer, pai mata filho de 2 anos afogado em bacia
Política
"Devem investigar" diz Reinaldo sobre filho
Polícia
Motorista de aplicativo é encontrado morto 15 dias após desaparecer
Clima
Vídeo - Chuva surpreende campo-grandenses na tarde desta sexta