Menu
Busca terça, 30 de novembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS nov21
Saúde

Resgate+: Primeiro Hospital Veterinário de campanha do País é lançado em MS

A ministra Teresa Cristina e a Primeira Dama Michelle Bolsonaro participaram da cerimônia de inauguração

26 outubro 2021 - 15h33Camila Farias

Nesta terça-feira (26), em Corumbá, aconteceu a inauguração do primeiro Hospital Veterinário de Campanha do Programa Nacional de Resgate de Fauna Silvestre, o Resgate+. 

O plano é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e apoiado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Resultado de uma colaboração entre o MMA, o governo do estado e a iniciativa privada, o hospital vai atender animais atingidos pelo incêndio no Pantanal e por atropelamentos na BR 262. 

A ministra Teresa Cristina e a Primeira Dama Michelle Bolsonaro participaram da cerimônia de inauguração e enfatizaram a importância desta ação. “Cinquenta anos atrás, não tínhamos uma seca que destruísse gravemente o bioma como fazemos hoje. Com este hospital, podemos ser mais flexíveis para salvar mais animais”.

Como parte da prevenção e supressão dos incêndios e queimadas do Pantanal, o Mapa lançou o projeto Pró-Pantanal em julho em cooperação com o Sebrae. A meta é reduzir o impacto dos incêndios na economia do bioma por meio de ações de prevenção e fortalecimento para os pequenos negócios da região até 2023. A operação contou com o apoio dos governos estaduais de Mato Grosso e Mato Grosso Sul.

Serão destinados R$ 30 milhões pelo Sebrae e entre as atividades previstas estão a capacitação de produtores rurais, com foco na gestão e produção sustentável, e a qualificação de empreendimentos das principais cadeias produtivas, aprimorando suas técnicas e ações de mercado. 

Resgate+

O programa Resgate+ prevê a adoção de medidas visando afugentamento, resgate, atendimento e assistência de animais silvestres em situação de risco e vulnerabilidade nos seis biomas do país, por meio de bases operacionais, atendimento executado por pessoal treinado e uso de equipamento específico. O atendimento (primário e emergencial) será feito por médico veterinário.

Segundo a secretária de Biodiversidade do MMA, Beatriz Milliet, a previsão é que 2 mil animais sejam tratados no hospital de campanha de Corumbá. Outros hospitais devem ser instalados nos demais biomas. "Esperamos trazer mais possibilidade de recuperação e adaptação aos animais", disse. 

Participaram da cerimônia o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck; prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes; o superintendente do Ibama-MS, Carlos Guandalim e a diretora técnica da PETZ e do centro veterinário Seres, Valéria Correa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Ômicron: Brasil tem novas regras para a entrada de viajantes no país, confira
Saúde
Variante ômicron: para presidente do Butantan, autoridades brasileiras são relapsas
Saúde
MS tem mais 205 casos de Covid-19 e elevação na taxa de contágio
Saúde
Saiba onde encontrar atendimento médico de urgência nesta segunda
Saúde
Aplicação do reforço da vacina continua para jovens a partir de 18 anos
Saúde
Covid-19: o que se sabe até agora da variante Ômicron
Saúde
Veja em quais unidades de saúde encontrar pediatras a noite
Saúde
Uso indiscriminado de ivermectina pode estar relacionada a surtos de sarna humana
Saúde
"Não há necessidade de pânico", diz Ronaldo Queiroz sobre variante
Saúde
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Mais Lidas

Opinião
O "mistério" dos ônibus de Campo Grande
Geral
Vizinhos lamentam morte de motociclista que foi assassinado na Mata do Jacinto
Polícia
Mulher fura sinal vermelho, colide em Celta e capota na Elias Zahran
Polícia
Homem é morto com golpes de capacete após atropelar criança