Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Saúde

Má alimentação e o sedentarismo afetam a fertilidade

Médico lista hábitos que podem prejudicar o sucesso de uma gestação

20 janeiro 2019 - 15h49Da redação com assessoria

Cada vez mais priorizando as profissões e outros estilos de vida, a maioria dos casais estão escolhendo se tornar pais de forma tardia. As funções biológicas dos órgão reprodutores de homens e mulheres têm ações fundamentais para alcançarem o sucesso de uma gestação saudável e condições como idade e hábitos saudáveis também são importantes para esse acontecimento.

Para explicar os fatores que influenciam na fertilidade, o médico especialista em reprodução assistida, Matheus Roque, do Rio de Janeiro, aponta informações relevantes sobre esse tema.

O especialista afirma que após um ano de tentativa, o casal que não conseguiu engravidar mesmo mantendo relações sexuais frequentes, deve procurar um especialista. Em caso de mulheres acima dos 36 anos, uma avaliação do casal deve ser realizada após 6 meses de tentativa sem sucesso.

Fatores femininos

Em cerca de 10 a 15% dos casais que apresentam infertilidade, não há uma causa encontrada para o quadro. Esse casos são definidos como ISCA – Infertilidade sem causa aparente – e quando identificado algum fator, as principais causas da infertilidade feminina são divididas em:  alterações tubárias, alterações na ovulação, alteração no útero, endometriose e idade da mulher.

“Atualmente, um fator muito importante tem relação com a idade. As mulheres estão retardando cada vez mais a gestação, fazendo com que diminuam as chances de gravidez e aumentem os riscos de aborto. Isso ocorre por uma diminuição na quantidade dos óvulos com o avançar da idade da mulher”, aponta o especialista.

Fatores masculinos

A maioria dos fatores associados à infertilidade masculina são desconhecidos, seguidos de varicocele, hipogonadismo, infecções urogenitais, entre outros. O espermograma é um exame primordial na avaliação da infertilidade conjugal.

“O espermograma deve ser realizado após um período de abstinência de 2 a 7 dias segundo recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde). Também é importante frisar que o exame não é um atestado de infertilidade ou de esterilidade, mas serve para direcionar qual a melhor forma de tratamento para o casal”, ressalta Matheus Roque.

Priorizar alguns hábitos saudáveis também são requisitos importantes que podem ajudar a preservar a fertilidade de homens e mulheres.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
João Gordo recebe alta do hospital após 10 dias internado
Saúde
Após tocar em médico infectado com sarampo, pessoas são vacinadas em MS
Saúde
Palestra sobre células-troncos e dentes de leite ocorrerá na ABO-MS
Saúde
UPAs Universitário e Coronel Antonino atendem com oito pediatras nesta manhã
Saúde
Novas ambulâncias serão entregues nesta sexta em Campo Grande
Saúde
Dez pediatras e 41 clínicos atendem nesta manhã na capital
Saúde
CCZ alerta para aumento de acidentes com escorpiões na capital
Saúde
Projeto de prevenção ao uso de drogas por gestantes ganha reforço de R$ 6 mi
Saúde
Marquinhos entrega reforma de unidade de saúde no Seminário
Saúde
Nove pediatras atendem em duas UPAs nesta manhã

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Motociclista bate em ônibus e morre no local
Internacional
Homem bomba mata 63 pessoas em festa de casamento
Polícia
Polícia encontra ponto de venda de drogas em falsa empresa de reciclagem
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose