Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Saúde

Surtos de sarampo causam 110 mil mortes por ano

OMS estima que mais de 21 milhões de vidas foram salvas pela vacina contra a doença

02 dezembro 2018 - 11h46Da redação com Agência Brasil

O mundo enfrenta um surto de sarampo devido a falhas na cobertura de vacinação. A conclusão é da OMS, Organização Mundial da Saúde, que divulgou novo relatório sobre o tema. Segundo a entidade ligada às nações unidas, os surtos ocorreram em todas as regiões no planeta e causam uma média de 110 mil mortes por ano.

Segundo o relatório da OMS, mais de 21 milhões de vidas foram salvas pela vacina contra a doença, mas mesmo assim, as notificações aumentaram em mais de 30% no mundo, de 2016 para cá. Os maiores surtos de 2017 foram registrados nas Américas, no Mediterrâneo Oriental e Europa. A incidência da doença diminuiu somente no Pacífico Ocidental, leste da Ásia e Oceania.

A OMS relatou que, durante vários anos, a cobertura global com a primeira dose da vacina contra o sarampo parou em 85%. Mas, para evitar surtos é preciso o mínimo de 95% de cobertura. A cobertura da segunda dose é de 67%, em todo o mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou 10.163 casos de sarampo, do início do ano até a última terça-feira, 27 de novembro.

O país enfrenta, atualmente, dois surtos da doença: no Amazonas, com mais de nove mil casos confirmados, e em Roraima, com 347 casos. As mortes causadas pelo sarampo somam 12 e foram registradas nos estados de Roraima, Amazonas e Pará.

O sarampo é uma doença grave e com alto poder de contágio. Pode provocar diversos efeitos no organismo, como diarreia, desidratação grave, pneumonia, infecções de ouvido, perda da visão, inchaço no cérebro e a morte. As pessoas mais vulneráveis à doença e aos casos de morte são bebês e crianças com desnutrição e sistema imunológico frágil.

Para evitar o contágio, é importante garantir as duas doses da vacina contra o sarampo, a tríplice viral. Segundo o Ministério da Saúde, as doses são ofertadas nos postos de saúde de todo o país pelo SUS, Sistema Único de Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Quinta-feira contará com 16 pediatras atendendo pela manhã na capital
Saúde
Onze pediatras e 45 clínicos atendem nesta manhã de quarta-feira
Saúde
Dez pediatras e 47 clínicos atendem nesta manhã de terça-feira
Saúde
Semana começa com 40 clínicos e dez pediatras atendendo na capital
Saúde
Nesta manhã, 15 pediatras atendem em apenas três unidades na Capital
Saúde
Nesta manhã dez pediatras e 44 clínicos atendem na capital
Saúde
Anvisa alerta sobre remédio usado por grávidas para enjôo
Saúde
Confira nomes dos escolhidos para o Projeto Mais Médicos
Saúde
Nove pediatras e 44 clínicos atendem nesta manhã de terça-feira
Saúde
Surdos enfrentam dificuldade em atendimento na saúde

Mais Lidas

Geral
Vídeo - Léo Santana é barrado na Smart Fit da capital
Política
Sem André, MDB deve minguar em 2020
Polícia
Cansada de agressões, mulher mata e arranca o pênis do marido
Polícia
Homem comete triplo homicídio porque teriam zombado da "coragem" dele