Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Saúde

Surtos de sarampo causam 110 mil mortes por ano

OMS estima que mais de 21 milhões de vidas foram salvas pela vacina contra a doença

02 dezembro 2018 - 11h46Da redação com Agência Brasil

O mundo enfrenta um surto de sarampo devido a falhas na cobertura de vacinação. A conclusão é da OMS, Organização Mundial da Saúde, que divulgou novo relatório sobre o tema. Segundo a entidade ligada às nações unidas, os surtos ocorreram em todas as regiões no planeta e causam uma média de 110 mil mortes por ano.

Segundo o relatório da OMS, mais de 21 milhões de vidas foram salvas pela vacina contra a doença, mas mesmo assim, as notificações aumentaram em mais de 30% no mundo, de 2016 para cá. Os maiores surtos de 2017 foram registrados nas Américas, no Mediterrâneo Oriental e Europa. A incidência da doença diminuiu somente no Pacífico Ocidental, leste da Ásia e Oceania.

A OMS relatou que, durante vários anos, a cobertura global com a primeira dose da vacina contra o sarampo parou em 85%. Mas, para evitar surtos é preciso o mínimo de 95% de cobertura. A cobertura da segunda dose é de 67%, em todo o mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou 10.163 casos de sarampo, do início do ano até a última terça-feira, 27 de novembro.

O país enfrenta, atualmente, dois surtos da doença: no Amazonas, com mais de nove mil casos confirmados, e em Roraima, com 347 casos. As mortes causadas pelo sarampo somam 12 e foram registradas nos estados de Roraima, Amazonas e Pará.

O sarampo é uma doença grave e com alto poder de contágio. Pode provocar diversos efeitos no organismo, como diarreia, desidratação grave, pneumonia, infecções de ouvido, perda da visão, inchaço no cérebro e a morte. As pessoas mais vulneráveis à doença e aos casos de morte são bebês e crianças com desnutrição e sistema imunológico frágil.

Para evitar o contágio, é importante garantir as duas doses da vacina contra o sarampo, a tríplice viral. Segundo o Ministério da Saúde, as doses são ofertadas nos postos de saúde de todo o país pelo SUS, Sistema Único de Saúde.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
No sábado, Santa Casa realizará exames gratuitos de prevenção ao glaucoma
Saúde
Oito pediatras atendem em duas UPAs nesta manhã de terça-feira
Polícia
Mulher se esfaqueia para separar briga entre filho e namorada
Saúde
Nove pediatras atendem nesta manhã na capital
Saúde
Outono pede cuidados especiais com a pele e cabelos
Saúde
Pesquisa aponta que 24% dos moradores de capitais são hipertensos
Saúde
Quatro UPAs têm pediatra nesta manhã de sábado
Saúde
“Baixa adesão a vacinação pode comprometer hospitais”, diz Mandetta
Saúde
Apenas UPA Coronel Antonino tem pediatra nesta manhã
Saúde
Frio espanta doadores de sangue; estoque de O- está em baixa

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas