Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(67) 99647-9098
aguas guariroba - Águas em Ação 3
Tecnologia

Celulares Androids terão sensores de terremotos em nova tecnologia do Google

Mais de 2,5 bilhões de dispositivos, incluindo alguns tablets, rodam o sistema operacional Android, do Google

11 agosto 2020 - 12h54Sarah Chaves, com informações da Agência Brasil

Os smartphones Android do Google, de propriedade da Alphabet, começaram a detectar terremotos em todo o mundo nesta terça-feira (11) para fornecer dados que poderiam dar a bilhões de usuários avisos de um tremor próximo, com o recurso de alerta sendo lançado inicialmente na Califórnia.

Alguns specialistas em sismologia disseram que transformar smartphones em minissismógrafos marcou um grande avanço, apesar dos inevitáveis alertas errados de um trabalho em andamento e da dependência de algoritmos de uma empresa privada para segurança pública. Mais de 2,5 bilhões de dispositivos, incluindo alguns tablets, rodam o sistema operacional Android, do Google.

"Estamos no caminho certo para enviar alertas de terremotos onde quer que haja smartphones", disse Richard Allen, diretor do laboratório sismológico da Universidade da Califórnia em Berkeley.

O programa do Google surgiu há mais de quatro anos, de um teste para verificar se os acelerômetros de telefones podiam detectar acidentes de carro, terremotos e tornados. Se a abordagem do Google para detecção e alerta de terremotos for eficaz, os avisos chegarão a mais pessoas, incluindo pela primeira vez a Indonésia e outros países em desenvolvimento com poucos sensores de detecção tradicionais.

Atualmente, os telefones Android podem diferenciar terremotos de vibrações causadas por trovões ou uma queda do dispositivo apenas quando eles estão carregando, parados e têm permissão do usuário para compartilhar dados com o Google.

Se os smartphones detectarem um terremoto, eles enviam a localização da cidade ao Google, que pode triangular o epicentro e estimar a magnitude com algumas centenas de registros.

O Google espera enviar seus primeiros alertas com base nas leituras dos telefones no próximo ano. Também planeja fornecer alertas gratuitamente para empresas que desejam desligar elevadores, linhas de gás e outros sistemas automaticamente antes que o tremor ocorra.

 

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Teste de teleperícia começa a ser feito a partir de hoje no INSS
Tecnologia
WhatsApp agora contará com funcionalidade de mensagens temporárias

Mais Lidas

Polícia
Mulher é sequestrada ao descer de ônibus na capital
Brasil
Paciente com quase 300 kg que aguardou cinco dias por vaga na UTI morre em Natal
Polícia
Foram presos 39 homens durante operação na fronteira
Geral
Reinaldo inaugura indústria com 300 empregos e entrega escola em Caarapó