Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Tecnologia

Com chip de 192 núcleos, celulares ganham games com gráficos de PS4

06 janeiro 2014 - 12h22Via G1
Os smartphones deram um grande salto em termos de capacidade gráfica, trazendo jogos com visual que se aproxima dos videogames de nova geração, o PlayStation 4 e o Xbox One, e superando os "antigos" PlayStation 3 e Xbox 360. O Tegra K1, da Nvidia, traz 192 núcleos e tecnologia que se vê apenas em PCs de ponta para que os jogos tenham alta qualidade, transformando os dispositivos móveis em verdadeiras máquinas para games.

O processador para smartphones e tablets da Nvidia é o primeiro no mundo a ter essa quantidade de núcleos e usa o motor gráfico de jogos de consoles, o que permite efeitos visuais, texturas de alta definição e efeitos de iluminação e de fumaça em jogos que os usuários podem carregar no bolso. De acordo com Jen-Hsun Huang, presidente da fabricante de placas de vídeo, "as pessoas vão achar que a tecnologia é extraterrestre".

O Tegra K1 traz a tecnologia de placas de vídeo Kepler, o que dá o nome de K1, usada nas placas da empresa para computadores, o que eleva o visual simplório da maioria dos jogos de celular ao nível dos consoles e dos PCs. E mesmo com todo esse poder de processamento – observar um smartphone processando gráficos próximos do PS4 ainda parece ser algo impensável – o consumo de energia é baixíssimo, o que não prejudicará as problemáticas baterias dos dispositivos móveis.

O estúdio Epic Games, responsável por jogos como "Infinity Blade", para iOS, levou o motor gráfico Unreal Engine 4, o mais avançado da companhia, para o Tegra K1. Com isso, rostos de personagens ganharam vida, detalhes e imperfeições da pele em uma demonstração. Em outra, em um metrô sujo, era possível ver texturas de alta definição e efeitos como fumaça, parede molhada e reflexos em metais, tais como jogos dos consoles. Tudo parecia real.

A Epic Games publicou um vídeo que mostra a tecnologia de games de nova geração rodando em celulares.

Haverá duas versões do Tegra K1, que, segundo o presidente da Nvidia, já deve equipar tablets e smartphones no segundo trimestre de 2014: uma de 32 bit e uma de 64 bit, que virá com o processador Denver, próprio da empresa.

Resta saber quais empresas equiparão seus aparelhos a partir do segundo semestre com a tecnologia e quais estúdios conseguirão fazer jogos com qualidade de console para eles. No teste do G1, foram usadas telas de cerca de 7 polegadas para controlar as demonstrações técnicas do Tegra K1.

Carros inteligentes
Os processadores da Nvidia já equipam veículos nos Estados Unidos e processam gráficos para os sistemas do motorista, como rádio e GPS, além de controlar funções de segurança dos carros.

Usando processadores potentes, a empresa espera que os carros possam ganhar mais funções. Foi demonstrado um sistema que faz com que o veículo, munido de câmeras e de sensores, identifique a pista, a distância do carro da frente e as placas de limite de velocidade – tudo para ajudar o motorista e aumentar a segurança.

Outro destaque é que a empresa pretende substituir os painéis dos veículos por telas de altíssima definição, colocando um velocímetro gerado por computador que apresenta dados em tempo real. O diferencial é que, por meio de um tablet ou smartphone, o usuário poderá mudar os aspectos do painel, escolhendo cores e até materiais. Será possível, por exemplo, escolher ponteiros cromados em um dia e de madeira no outro. A Nvidia espera que as fabricantes adotem o modelo e permitam a personalização dos carros.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
IFMS produz e distribui equipamento econômico de apoio para intubação
Tecnologia
Governo de MS lança programa de Iniciação Científica com 300 bolsas

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio