Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Tecnologia

Nasa fará 'transplante no cérebro' do Curiosity para nova etapa em Marte

13 agosto 2012 - 10h52Nasa / JPL-Caltech / AFP

A agência espacial americana (Nasa) vai fazer uma atualização do software do robô Curiosity em Marte nos próximos quatro dias.

Esse "transplante de cérebro" servirá para que o jipe, que está no planeta vermelho desde o dia 6 de agosto, possa andar melhor pelo terreno rochoso e comece a usar o laboratório de geoquímica em seu interior, capaz de analisar as amostras recolhidas do solo.

Até então, o Curiosity ainda estava no chamado modo de voo, e agora será preparado para as novas etapas da missão, que deve durar pelo menos dois anos e se concentrará na busca por indícios favoráveis à vida.

Na sexta-feira, os engenheiros da Nasa disseram que o robô de R$ 5 bilhões acabou pousando quase 2,5 km além do local previsto, mas ainda dentro da Cratera Gale, ao sul do equador marciano. A viagem a partir da Terra durou oito meses e percorreu 566 milhões de quilômetros.

Uma câmera que fica no mastro do veículo, chamada Mastcam (de 34 milímetros), registrou mais imagens em alta resolução (1.200 x 1.200 pixels) de Marte, em que é possível ver com clareza o terreno árido e pedregoso, a Cratera Gale e montanhas ao fundo, como o Monte Sharp, de 5,5 km de altura. Os cientistas compararam o lugar com o deserto de Mojave, no Arizona, EUA.

Uma das paredes da cratera – estudada desde o início da década de 1970 – fica ao norte do local de aterrissagem do Curiosity. Esse enorme buraco, do tamanho dos estados americanos de Connecticut e Rhode Island juntos, abriga um vale onde os astrônomos acreditam que no passado havia um sistema fluvial, como um rio ou riacho.

Via G1

Assembleia julho-20

Deixe seu Comentário

Mais Lidas

Geral
Banda V12 realiza live nesta quinta, com músicas escolhidas pelo público
Educação
Escola do Sesi de Maracaju promove sarau de poesia virtual
Polícia
Homem espanca, asfixia e mata bebê ao descobrir que não é o pai biológico
Entrevista
AO VIVO - Tudo sobre fake news, agora no JD1