Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Tecnologia

Perfis hackeados no Twitter estão à venda por até US$ 0,20 cada, diz relatório

14 maio 2010 - 10h38

Contas roubadas do Twitter estão sendo vendidas em fóruns russos por cibercriminosos. Fraudadores e spammers pagam entre US$ 100 e US$ 200 por mil perfis na rede social. Isso significa que, em média, um perfil custa de US$ 0,10 a US$ 0,20. O preço varia conforme o número de seguidores que a conta tiver, diz o relatório da Kaspersky Labs, empresa russa de antivírus.

Em muitos casos, os “compradores” de perfis ganham muito dinheiro, enviando mensagens de falsos antivírus através dessas contas. “A técnica do roubo de perfis e da postagem de links maliciosos pelo Twitter está cada vez mais popular”, disse o diretor global do grupo de análise e pesquisas globais da Kaspersky Lab, Costin Raiu. “Os cibercriminosos estão percebendo que os sites de redes sociais podem ser muito eficientes para suas necessidades”. As informações são do site Technology Review, ligado ao MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Uma mensagem maliciosa postada em um perfil confiável pode trazer graves consequências, especialmente se a mensagem for replicada (retweet) por outro usuário, achando que é verdadeira. Em média, entre 10 e 20 por cento das pessoas clicam em um link enviado por uma fonte segura.

Ainda não é possível mensurar quantas contas da rede social foram roubadas. No entanto, baseado no modelo de negócio que só vende “lotes” de 1.000 perfis, é possível concluir que dezenas de milhares de contas podem ser vendidas pela internet, disse Raiu da Kaspersky Labs. O Twitter tem mais de 75 milhões de membros em todo o mundo. De 10 a 15 milhões postam mensagens regularmente.

Como funciona
Os ataques de roubo de login do Twitter são, basicamente, feitos de duas formas. Por meio da instalação de programas que roubam senhas (trojans), que o usuário pode, despercebidamente, instalar ao acessar sites com conteúdo malicioso e e-mails em massa (spam), que levam os usuários a digitar seus dados em uma página falsa da rede social.

O Twitter recomenda que usuários que notarem mensagens estranhas devem trocar imediatamente a senha (caso o hacker não tenha trocado) e removam o acesso a aplicativos de terceiros à conta.

A descoberta do Kaspersky Lab vem um mês após a divulgação de que um site vendia contas do Facebook roubadas. O preço das contas também varia de acordo com o número de amigos do usuário: US$ 25 para mil contas de usuários com até 10 amigos e US$ 45 para mil contas de internautas com mais de 10 amigos.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Facebook e Instagram voltam a funcionar após ficarem 6 horas fora do ar
Tecnologia
WhatsApp, Instagram e Facebook permanecem fora do ar; outras redes começam a falhar
Tecnologia
Sem zap: Advogada desmaia após mensagem não ser entregue
Tecnologia
Além de apps, usuários reclamam de instabilidade em operadoras e internet
Tecnologia
WhatsApp fora do ar: veja outras alternativas para se comunicar
Tecnologia
Fundect faz chamamento a bolsistas com foco em startups
Tecnologia
Reunião para votar leilão do 5G está marcada para sexta-feira
Tecnologia
Plataforma do governo ajuda na resolução de problemas entre consumidores e empresas
Tecnologia
Certificado Nacional de Vacinação já está disponível pela internet
Tecnologia
Novas medidas de segurança para pix visam coibir sequestros e roubos

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge