Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 99647-9098
Turismo

Praias doces na costa leste de MS são opção de férias

A beleza encontrada surpreende os turistas; cresce o número de pessoas que buscam esses locais para descansar

06 janeiro 2019 - 11h46Da Redação com Assessoria

Pousadas à beira da orla, areia branca e água limpa são um retrato das praias doces de Mato Grosso do Sul. De fácil acesso e com menor lotação em relação aos destinos famosos na alta temporada, elas têm atraído cada vez mais turistas de todo o País. Situadas ao longo de rios e lagoas na costa leste do Estado – como nos municípios de Três Lagoas, Paranaíba e Aparecida do Taboado – surpreendem pela beleza e representam ainda uma opção acessível nessas férias.

Em Aparecida do Taboado, são oito quilômetros de praia com areia branca na área que foi represada para suprir a usina hidrelétrica de Ilha Solteira. O resultado é um lago com as águas  do Rio Paraná.

“Temos mais de 400 ranchos na Orla do Rio Paraná e durante os feriados prolongados eles e os hotéis da cidade ficam cheios, a nossa praia lota”, conta o secretário de Administração do município Jary Augusto Silva.

Bacharel em Turismo, ele ressalta os atrativos naturais do município que divide com apenas outros dois no País (SP e MG) a origem do Rio Paraná. “Temos um pontal do Rio Grande e Paranaíba na divisa do município que, junto com esses dois estados, se encontram para formação do Rio Paraná”, explica.

Além dos atrativos naturais, Aparecida do Taboado conta com pousadas e restaurantes na beira da orla. Infraestrutura também é prioridade no Balneário Municipal de Três Lagoas, que recebeu reforma completa em 2017.

O local conta com cerca de 40 quiosques espalhados na orla que dá acesso ao Rio Sucuriú. A região conta com vários ranchos que dão acesso também às praias de água doce do Rio Paraná. No verão, somente o balneário chega a receber 2,5 mil pessoas toda semana.

“Todo ano fazemos a reposição com nova areia na praia para garantir que esteja sempre limpa. Temos também guarda-vidas a maior profundidade no local de banho é de 1,60m sempre com indicação. Recebemos muitas famílias de estados vizinhos, como o interior de São Paulo”, detalha o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Ciência e Tecnologia, José Aparecido de Moraes .

Entre os projetos na mira do município para a região está a construção de um cais para passeios de barco pelos rios, que favorecem a navegação. Passeios de caiaque também estão disponíveis no local. “Pretendemos avançar bastante no turismo aqui”, adianta o secretário.

Turismo de aventura

Com dois parques aquáticos na divisa com Minas Gerais, Paranaíba oferece também opções de eventos esportivos de pesca – no ano passado foram mais de 200 barcos reunidos.

“Nossa intenção é como poder público fomentar o acesso e os eventos nesses parques que mesmo sendo privados têm grande potencial para atender o público geral”, afirmou o secretário de Turismo do município Henrique Queiroz.

Além das praias doces, opções de trilha de aventura e atrações como cachoeiras estão próximas da população no município. Esse, aliás, é apontado pelo Ministério do Turismo como um diferencial nas praias doces, também chamadas praias de rios.

Mais vazias e preservadas por estarem situadas em municípios menores, elas também têm próximas mais opções de lazer próximo à natureza.

Dados do Ministério do Turismo apontam que o Brasil detém a maior reserva de água doce do mundo, correspondente a 12% do total. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Turismo
Conheça os melhores lugares para se aventurar em trilhas no MS
Turismo
Turismo de MS fecha ano com saldo positivo
Turismo
Turismo de MS fecha ano com saldo positivo

Mais Lidas

Geral
Veja como se cadastrar para concorrer a sorteio de casas da Agehab
Polícia
Morre borracheiro que levou tiros nas costas, braço e rosto
Polícia
Mãe e pai são assassinados na frente dos filhos
Polícia
Homem leva tiros nas costas, braço e rosto em MS