Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Tecnologia

Amazon traz Kindle com tela 'touch' de alta resolução ao Brasil

19 março 2013 - 11h08Divulgação/Amazon.com

A Amazon está ampliando a oferta de leitores de livros digitais (e-readers) no Brasil. Nesta terça-feira (19), varejistas parceiros da empresa começam a vender o Kindle Paperwhite, com tela sensível ao toque e de alta resolução por R$ 700 na versão compatível com conexões Wi-Fi e 3G à internet e por R$ 480 para o modelo com Wi-Fi. O e-reader foi lançado nos Estados Unidos em setembro do ano passado.

“Depois de quatro meses este é o segundo lançamento que a gente tem aqui no Brasil e certamente outros virão”, disse Alexandre Szapiro, vice-presidente da Amazon no Brasil. O lançamento da linha Kindle Fire de tablets também está previsto para este ano. “Este é um ano de grandes oportunidades para trazer o Kindle Fire”, comentou Szapiro.

Do impresso ao digital
Para atrair os leitores de livros impressos ao formato digital, a Amazon fez melhorias em resolução, contraste e iluminação na tela de seis polegadas do Kindle Paperwhite – primeiro leitor Kindle com tela sensível ao toque, além dos tablets.

De acordo com a fabricante, as imagens em preto e branco do Kindle Paperwhite têm resolução de 212 ppi (pixels por polegada), ou 62% mais pixels do que a geração anterior do Kindle. O leitor tem espessura reduzida (9,1 milímetros) e pesa 213 gramas.

A tecnologia de iluminação também foi aprimorada para evitar o cansaço ocular. “São várias camadas de vidro [que compõem a tela] e a luz vem das laterais para baixo. A maioria dos tablets exibe a luz de baixo pra cima”, compara o executivo da Amazon. O menor consumo de luz ampliou a duração da bateria para até oito semanas com uma média de leitura de 30 minutos por dia.

Para os leitores mais ansiosos, que sentem falta de checar a espessura do livro para saber como anda o ritmo da leitura, o Paperwhite traz uma ferramenta chamada ‘Time to Read’ (‘Tempo para ler’, na tradução livre). De acordo com a velocidade de leitura, o recurso consegue identificar quanto tempo falta para a pessoa terminar um livro ou um capítulo.

Preços no Brasil
“A ideia não é concorrer com o livro físico, mas como melhorar a experiência do livro físico para o digital”, comentou Szapiro. Desde o início de sua operação local, anunciada oficialmente em 6 de dezembro, a Amazon ampliou seu acervo de livros digitais em português de 13 mil para 16 mil e a oferta de títulos gratuitos de 1.500 para 2.500, informou o executivo.

Para atrair clientes, há cerca de seis semanas, a empresa tem realizado ofertas de títulos selecionados por R$ 10. “A questão é como fazer para que o leitor brasileiro possa ler mais”, disse Szapiro. Questionado sobre a semelhança de preços entre os títulos digitais e os impressos - reclamação de muitos leitores brasileiros - o executivo comentou que “o preço do livro digital hoje, tem sido, na média, 30% mais barato”.

No Brasil, o Kindle Paperwhite custa pelo menos o dobro do valor cobrado pela Amazon americana, onde o modelo Wi-Fi é vendido por US$ 120 e a versão com 3G, por US$ 180. "Os e-readers não estão isentos de impostos. A Amazon recolhe todos os impostos requeridos pelo Governo", afirma a empresa.

3G grátis
O Paperwhite com acesso gratuito a redes móveis 3G faz parte de uma parceria da Amazon com 100 operadoras de telecomunicações do mundo todo, incluindo o Brasil. Com a rede 3G liberada, usuários do Kindle podem baixar livros, por exemplo, em locais sem redes Wi-Fi, e não precisam arcar com a mensalidade de internet móvel para o e-reader.

Migração de conta para o Brasil
Para comprar livros em português, o consumidor deve criar uma conta no site brasileiro da Amazon ou então configurar sua conta internacional para o Brasil. A mudança de país, segundo Szapiro, pode ser revertida a qualquer momento, mas afeta assinaturas de jornais e revistas internacionais, que são automaticamente interrompidas após a migração para a conta brasileira. Neste caso, o valor das mensalidades restantes é reembolsado.

O Kindle Paperwhite começa a ser vendido nesta terça-feira nas lojas on-line das redes Ponto Frio e Livraria da Vila. A Amazon também comercializa capas de couro específicas para o novo modelo, com opções de cores, pelo preço sugerido de R$ 170.

Via G1
 

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Plataforma do governo ajuda na resolução de problemas entre consumidores e empresas
Tecnologia
Certificado Nacional de Vacinação já está disponível pela internet
Tecnologia
Novas medidas de segurança para pix visam coibir sequestros e roubos
Tecnologia
Portal voltado às práticas do campo é criado por estagiários do Vale Universidade
Saúde
Sete UPAs tem atendimento pediátrico nesta segunda-feira; confira
Tecnologia
YouTube aponta desinformação sobre Covid e derruba vídeos de Bolsonaro
Saúde
UPAs do Cl. Antonino, Vila Almeida e Universitário tem plantão completo hoje

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado esquartejado em sacos de lixo
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Polícia
Jovem é presa por morder enfermeira na UPA do Coronel Antonino
Polícia
Mulher agredida com barra de ferro em espetinho no Aero Rancho contesta versão dada pelo dono