Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
Política

Sai Simone, entra Harfouche na disputa pelo governo

O JD1 Notícias vai registrar a primeira pesquisa com o novo quadro sucessório amanhã

12 agosto 2018 - 20h20Da redação

Simone Tebet desistiu de concorrer a vaga no governo de Mato Grosso do Sul, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

O JD1 Notícias acompanhou toda a hesitação de Simone, desde quando ela aceitou o desafio proposto pelo ex-governador André Puccinelli.

Na semana em que foi lançada como candidata na convenção do MDB, o clima de incerteza pairava sobre os dirigentes do partido. O JD1 chegou a noticiar, em primeira mão, sua possível desistência, mas Simone voltou atrás e foi sacramentada como candidata.

Simone se reuniu com dirigentes do partido na casa de um parlamentar, ao final tarde deste domingo (12), em Campo Grande. Após uma tarde de tratativas, a decisão final é de que a senadora não será mais candidata pelo MDB.

Apenas alguns dias do término do prazo para o registro da candidatura quem deve assumir a vaga deixada por Simone é seu vice, Sérgio Harfouche, que já teria mandado dois dirigentes de seu partido, prepararem seu lançamento na segunda-feira (13) face a urgência que a situação requer.

A pesquisa JD1 Notícias, que  deve ser registrada amanhã, será a primeira a medir o novo quadro sucessório.

Leia a nota que oficializou a desistência:

"Senhor Presidente,

Membros do Diretório do MDB/MS,

Como é do conhecimento de todos os membros deste Diretório, e de todos os companheiros emedebistas, nosso Partido estava, até duas semanas atrás, com a sua campanha totalmente estruturada em torno do nosso candidato natural ao Governo do Estado, André Puccinelli.

Um quadro de instabilidade atingiu nosso partido aqui em Mato Grosso do Sul, com a (em nosso entendimento) intempestiva intervenção judiciária num processo eleitoral que, até então, vinha se desenvolvendo nos marcos da normalidade.

Não posso – e os emedebistas e o povo sul-mato-grossense não podem – compreender como “normal” a prisão de um candidato a governador às vésperas da eleição, sem prévia condenação. Vimo-nos, então, obrigados a reagir a esse novo quadro de forma imediata, levados pela emoção e ainda chocados com as medidas que lhe foram impostas. 

Foi, principalmente, devido a essa emoção, e respondendo ao apelo que me foi formulado pelo próprio André Puccinelli, que aceitei, em nossa última Convenção, a apresentação do meu nome como candidata ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Foi, como disse, uma decisão pessoal. 

Desde então, outras considerações, apontadas por meus familiares levam-me a rever essa decisão.
Conhecendo meus problemas de ordem pessoal, recebi apelos contundentes da minha família para não ser candidata.

Assim, acatando ao apelo de meus familiares, renuncio, à minha candidatura ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul pelo MDB, mas reafirmo minha confiança na pujança e unidade do nosso partido e dos nossos aliados, para manter a viabilidade do nosso projeto político, que tem se mostrado, ao longo dos anos – e mesmo décadas –, como imprescindível para o desenvolvimento do nosso Estado.

Se a opção for a escolha de um quadro partidário para ocupar a cabeça de chapa, quero lembrar o nome do companheiro Sérgio Harfouche, cuja competência e cujo compromisso com esse projeto não podem ser postos em causa.

Seja qual for a opção a ser adotada por esse Diretório, terá em mim uma militante aguerrida e disciplinada na defesa – volto a repetir – do nosso projeto político, que considero (e não precisaria dizê-lo) o melhor para a nossa gente.

Senadora Simone Tebet"

 

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ademar Capuci entra na disputa para prefeito de Nova Andradina
Política
Reforma da Previdência chega ao Congresso em fevereiro
Política
No Twitter Bolsonaro comenta empréstimos do BNDES
Política
Governo prorroga "Operação Acolhida" a venezuelanos
Política
Vídeo – Veja os parlamentares brasileiros em hotel na China
Política
Gisele Bündchen envia carta após receber críticas de Tereza Cristina
Política
Movimento Direita de SP emite nota de repúdio aos parlamentares do PSL
Política
Bolsonaro critica viagem à China com Soraya e Trutis
Política
“Caipiras e idiotas”, diz Soraya sobre críticas da viagem à China
Política
Em vídeo, Olavo de Carvalho, cita Soraya e Tio Trutis em lista de “semi analfabetos", e ataca viagem à China

Mais Lidas

Geral
Idoso atira na esposa e morre no Inferninho
Clima
Temperaturas devem cair no fim de semana em todo o MS
Polícia
Ao tentar furtar carro, homem é linchado e amarrado por moradores
Geral
Estudante de medicina morre após parada cardiorrespiratória