Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
IPVA Grande
Economia

Instituições financeiras aumentam projeção de déficit público

Os dados constam da pesquisa Prisma Fiscal, do Ministério da Fazenda

14 junho 2018 - 12h12Agência Brasil

Instituições financeiras consultadas pelo Ministério da Fazenda aumentaram a previsão para o resultado negativo das contas públicas, neste ano. A estimativa do déficit primário do Governo Central, formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, passou de R$ 138,543 bilhões para R$ 151,192 neste ano. Mesmo assim, a estimativa está abaixo da meta de déficit perseguida pelo governo de R$ 159 bilhões. O resultado primário é formado por receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros.

Os dados constam da pesquisa Prisma Fiscal, elaborada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, com base em informações do mercado financeiro.

Para 2019, a estimativa das instituições financeiras é déficit de R$ 117,875 bilhões, contra R$ 105,929 bilhões previstos em maio.

A mudança na projeção para as contas públicas ocorreu porque as instituições preveem mais despesas (de R$ 1,359 trilhão para R$ 1,367 trilhão) e redução nas receitas líquidas (de R$ 1,219 trilhão para R$ 1,217 trilhão), neste ano. Para 2019, a previsão de receita líquida do Governo Central é R$ 1,303 trilhão, ante R$ 1,317 trilhão prevista no mês passado. No caso da despesa total, a projeção ficou em R$ 1,420 trilhão, ante R$ 1,417 trilhão, previsto em maio.

A pesquisa apresenta também a projeção para a dívida bruta do Governo Central, que, na avaliação das instituições financeiras, deve ficar em 75,8% do Produto Interno Bruto (PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), neste ano. A previsão anterior era 75% do PIB. Para 2019, a estimativa ficou em 77,8% do PIB, ante 76,8% previstos no mês passado.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Restituição do Imposto de Renda começa a pagar hoje R$ 667 milhões
Economia
Dólar tem queda de 0,41%
Economia
Construção civil tem inflação de 4,41% em 2018
Economia
Prêmio de R$ 12 milhões será sorteado hoje na Mega-Sena
Economia
Dólar sobe pelo 2º dia consecutivo
Economia
Dólar fecha em alta, a R$ 3,709
Economia
Em MS, 15% da população pode migrar para tarifa branca
Economia
Dólar cai e fecha o dia valendo R$ 3,688
Agronegócio
MS tem 12 cidades entre os maiores produtores do agronegócio brasileiro
Economia
Valor da cesta básica sobe 15,46% na capital, aponta Dieese

Mais Lidas

Polícia
Após corte de energia em “região proibida”, dois funcionários são executados
Polícia
Suspeito de matar merendeira já foi preso por morder genitália de vizinha
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Cidade
Motorista de ônibus morre em acidente na BR-163