Menu
Busca terça, 15 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Azambuja muda domicílio eleitoral para disputar prefeitura da Capital em 2012

08 novembro 2010 - 16h04
Presidente regional do PSDB, o deputado estadual Reinaldo Azambuja, pode ser a opção do PSDB para concorrer à prefeitura da Capital em 2012. Ele mesmo que nas eleições de outubro se elegeu deputado federal admitiu tal possibilidade nesta manhã ao participar da abertura da Expoinel, no Pavilhão Albano Franco, em Campo Grande. Ex-prefeito de Maracaju Reinaldo Azambuja vai transferir o domicílio eleitoral para Campo Grande. “É um consenso dentro do partido que eu deva fazer isso para ser mais uma opção da legenda em Campo Grande”, mencionou. A transferência de título de Reinaldo fora anunciada em 2008, mas até então ele argumentava que tal mudança proporcionaria mais comodidade já que após a eleição para deputado estadual estava morando em Campo Grande. Hoje, admite razões políticas. Além dele, também é cotada para disputar o cargo a senadora Marisa Serrano. Vice-presidente nacional do partido e ex-vice-prefeita da Capital, ela já se colocou à disposição da legenda para concorrer. “Mas, haverá ainda mais nomes possíveis”, diz Reinaldo. A candidatura em Campo Grande atende a uma determinação da Executiva Nacional do PSDB. Segundo Reinaldo, a cúpula tucana quer que a legenda lance candidatos a prefeito em todas as capitais do País, incluindo Campo Grande. Além de disputar o comando da Capital do Estado, o PSDB regional estabeleceu internamente outras metas como ampliar o número de candidatos a prefeito no interior do Estado. Em 2008, o PSDB concorreu a 29. Em 2012, este número será maior. Fim da parceria, sem traumas As eleições de 2012 podem romper a parceria de anos entre PSDB e PMDB em Campo Grande. Os tucanos, conforme Reinaldo, não enxergam a disputa com antigo aliado como uma situação traumática. Atualmente, os tucanos pertencem à base aliada de Nelsinho Trad (PMDB) e tem cargos na prefeitura. “Em 2012, o PSDB terá candidatura própria. O nosso compromisso com essa administração [de Nelsinho] termina ao final deste mandato”, disse. O interesse dos tucanos é ganhar parceiros para o projeto de concorrer à prefeitura. Uma possibilidade é discutir uma retribuição do próprio PMDB que foi ajudado pelo PSDB nas disputas anteriores pela prefeitura. “Tudo depende de conversas, mas é claro que vamos conversar com todos os partidos”, mencionou. Fonte: Midia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Vereador apresenta projeto voltado às crianças vegetarianas
Política
Bolsonaro destaca lançamento do Programa Novos Caminhos em outubro
Política
Bolsonaro quer retomar obras iniciadas em outros governos
Política
Assessor de Collor foi laranja em imóveis de R$ 6 mi
Informação consta em representação da PGR pela deflagração da Operação Arremate, que pôs a PF nas ruas em endereços ligados ao senador
Política
PF investiga se houve participação de Collor em lavagem de dinheiro
Política
União libera R$ 2,6 mi para Angélica viabilizados por Nelsinho Trad
Política
Reforma da Previdência vai para segundo turno no senado
Política
Carla deixa MDB e vai para o PSD
Política
Otávio Trad apresenta demandas da saúde pública em Brasília
Política
PLS exige laudo psicológico para soltura de agressores domésticos

Mais Lidas

Geral
Morre o empresário Antônio Farias, o "Baiano"
Polícia
Jaime Valler estava na lista da milícia para morrer
Geral
Pai encontra filho morto, enforcado com fio de nylon
Geral
Mulher morre por descarga elétrica ao tentar ligar máquina de lavar