Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Governo prorroga ação das Forças Armadas na Amazônia Legal

Decreto foi publicado em edição extra do DOU nesta sexta-feira

20 setembro 2019 - 17h17Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

Decreto publicado em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta-feira (20) prorrogou o emprego das Forças Armadas no combate às queimadas e ao desmatamento ilegal na região da Amazônia Legal. Inicialmente, o prazo de atuação dos militares iria até o próximo dia 24 de setembro. Com a prorrogação, os trabalhos vão continuar por mais um mês, até o dia 24 de outubro.

A Amazônia Legal é um território que abrange a totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e parte dos estados de Mato Grosso, do Tocantins e do Maranhão. O decreto de Garantia da Lei e Ordem Ambiental (GLOA) autoriza ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais e levantamento e combate de focos de incêndio.

O vice-presidente Hamilton Mourão, no exercício da Presidência, informou na última sexta-feira (13), que as operações das Forças Armadas na Amazônia tinham resultado, até àquele momento, na aplicação de mais de R$ 25 milhões em multas, além apreensão de 12 mil metros cúbicos de madeira, veículos, embarcações, motosserras e outros equipamentos. Foram realizados pelo menos 350 ataques a focos de queimadas terrestres e outras 350 incursões aéreas para debelar incêndios.

De acordo com Mourão, o custo de atuação das Forças Armadas na Amazônia é de cerca de R$ 1,5 milhão por dia, principalmente por causa do emprego das aeronaves.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Em seis anos, setembro tem a maior criação de empregos para o mês
Brasil
Maurício Sherman, um dos ícones da TV brasileira, morre aos 88 anos
Brasil
Aumentou para quatro número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza
Brasil
Força Nacional ficará mais 180 dias no combate ao desmatamento
Brasil
Vídeo - Com beijo, bandido "acalma" idosa durante assalto
Brasil
Decisão do STF sobre 2ª instância pode afetar 4,9 mil presos, diz CNJ
Brasil
Duas mortes confirmadas em desabamento de prédio
Brasil
Prefeito manifestou apoio e prometeu resposta clara sobre investigação de desabamento
Brasil
Jovem tira selfie sob os escombros do prédio que desabou em Fortaleza
Brasil
Mais de 5 mil pessoas terão que devolver o benefício do Bolsa Família

Mais Lidas

Polícia
Assalto em aeroporto leva pânico a passageiros e deixa dois seguranças baleados
Geral
Condutora bate carro no muro do Detran em exame para tirar a CNH
Polícia
Briga em bar termina com dois homens esfaqueados
Esportes
Vascaínos são espancados por flamenguistas em posto