Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Economia

Brasil cria mais de 29 mil empregos com carteira assinada em janeiro

21 fevereiro 2014 - 10h40Via Portal Brasil
O mercado formal de trabalho brasileiro registrou, em janeiro deste ano, a criação líquida de 29.595 postos de trabalho com carteira assinada, alta de 2,4% em relação a igual mês de 2013, quando foram criados 28.900 empregos. Este é o sexto mês consecutivo com desempenho favorável, se comparado ao mesmo período do ano anterior.

Em termos setoriais, com exceção do comércio, todos os outros setores elevaram o nível de emprego, com destaque para a Indústria de Transformação, em primeiro lugar, com a criação de 38.516 vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa quinta-feira (20), pelo Ministério do Trabalho.

Os números são preliminares, isto é, ainda não foram contabilizadas as informações enviadas pelas empresas fora do prazo fixado pelo ministério. Com esse ajuste, os números deverão ser maiores.

Detalhamento
O saldo de janeiro foi oriundo de 1.778.077 admissões e de 1.748.482 desligamentos, ambos representando o segundo maior resultado para o período. Nos últimos 12 meses, foram criados 1.045.848 postos de trabalho, equivalentes à expansão de 2,64% e no período de janeiro de 2011 a janeiro de 2014, um total de 4.511.820 postos de trabalho foram gerados, representando um crescimento de 10,24% sobre o estoque de dezembro de 2010.

Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, os dados revelam uma tendência positiva do mercado que vem mantendo crescimento constante nos últimos seis meses. “Não há indicativo de que esse crescimento do emprego não se mantenha, pois essa dinâmica vem ocorrendo há vários anos. Somente no governo atual foram gerados mais de 4.5 milhões de empregos”, frisou o ministro.

Os números de janeiro ressaltam a continuidade do movimento de expansão do emprego formal no Brasil, ainda que num ritmo de crescimento menor que os anos anteriores. A expectativa, de acordo com o ministro, é que o País gere 1.4 milhão de empregos esse ano.

Em termos setoriais, com exceção do comércio, todos os outros setores elevaram o nível de emprego, com destaque para a Indústria de Transformação (+ 38.516 postos ), a Construção Civil (+ 38.058 postos) e os Serviços ( +24.681 postos).

Interior gera mais emprego
No interior das áreas metropolitanas, o emprego cresceu 0,19%, gerando 27.202 postos de trabalho, resultado mais favorável que o registrado para o conjunto das Áreas Metropolitanas, que registrou queda de 0,12%, com perda de 19.913 postos de trabalho, sendo essa queda mais expressiva no Rio de Janeiro (-17.470 postos ou -0,60%).

Porém, Curitiba (+3.430), Belo Horizonte (+2.279) e Salvador (+1.769) tiveram resultados positivos no mês.

No recorte geográfico, ocorreu expansão do emprego na região Sul, com geração de 39.892 postos (+0,54%), com destaque para Santa Catarina que gerou 18.317 postos (0,92%) e a região Centro-Oeste que criou 15.480 postos de trabalho um crescimento de 0,49%. Nas outras regiões houve queda na geração de postos de trabalho.
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Nascidos em fevereiro recebem segunda parcela do auxílio hoje
Economia
Restaurantes são o primeiro alvo da “retomada econômica”
Geral
"Dia Livre de Impostos" acontece na quinta, dia 27
Economia
Saque do auxílio está disponível para beneficiários nascidos em dezembro
Brasil
Caixa inicia pagamento da 2ª parcela do auxílio; confira o calendário
Economia
Caixa antecipa 2ª parcela do auxílio emergencial; veja o calendário
Economia
Saque do auxílio emergencial está disponível para novo grupo
Economia
Beneficiários nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial
Economia
Beneficiários nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial
Cidade
Véspera do Dia das Mães lota centro da Capital

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio